OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 23 de julho de 2017

Colunistas

Ivan Nunes Ivan Nunes
É jornalista profissional. Há mais de 20 anos escreve sobre os bastidores da política na Zona da Mata alagoana.
21/07/2017 às 12:45

Prefeito Kil de Freitas propõe acabar com a feira livre da 2ª e da quarta mas feirantes rechaçam ideia

O desembargador Tutmés Airan recebeu membros da Associação dos Feirantes de União dos Palmares em seu gabinete de trabalho para mediar o decreto imposto pelo prefeito, Areski Freitas, que mudou de maneira radical o local de alguns feirantes que negociavam na frente do supermercado Globo de propriedade de dona Eliane, até a lanchonete de seu Luiz do sorvete.

Representando a prefeitura o procurador-geral do município, Belarmino Soares que chegou acompanhado de membros da secretaria municipal de planejamento, Indústria e Comércio e SMTT.

Inicialmente o desembargador se reuniu com o staff do prefeito Kil de Freitas que teve presença cobrada pelo desembargador Tutmés Airan diante da promessa de, em seguida, receber a presidente da associação, Luiza Maria Batista de Souza, Ramon Lins, vereadores Elvis Alan, Cicero Aureliano e Ailton Tenório.

Minutos depois, o próprio desembargador veio até a porta de seu gabinete receber os membros da Asfup(Associação dos Feirantes de União dos Palmares). "Por favor, apenas dois membros dos feirantes!", disse, pedindo para ter acesso a sua sala.

Em seguida os vereadores ingressaram na reunião que já tinha se iniciado. Por sobre a mesa do membro do Tribunal de Justiça de Alagoas, um uma pesquisa feita pela prefeitura sem o nome do instituto, onde o índice de satisfação dos entrevistados superaca a casa do 70% com a mudança determinada pelo prefeito Kil de Freitas.

- Quero apresentar a proposta da prefeitura de União dos Palmares que é permitir que os feirantes atuem na sexta e no sábado, mas a feira da segunda e da quarta não vai mais existir, certo? - informou o desembargador Tutmés Airan.

Diante da comitiva de Kil de Freitas os vereadores Alan Elvis, Cícero Aureliano e Ailton Tenório levantaram voz contrária a determinação do Chefe do Executivo para os feirantes. "Desde que me entendo de gente, excelência, que a feira da segunda e da quarta sempre existiu, isso vai provocar um problema social sem precedentes. Eu, vereador, sou radicalmente contra essa proposta do prefeito", disse o vereador Cícero Aureliano, o Tita.

Investido no papel de apaziguador, o desembargador Airan, lembrou da feira livre de Arapiraca sua terra natal. Segundo ele, a feira daquele município já foi a maior de Alagoas e somente acontecia as segundas-feiras e nenhum outro dia. Alguém aqui vai ter que ceder. Ou a prefeitura, ou os feirantes", comentou.

Articulado, Jandilson Vasconcelos voltou a defender a pesquisa onde segundo ele, retornar a feira-livre para o antigo lugar representa perdas para o município. Para o procurador-geral, Belarmino Soares, "a feira foi um ganho para União dos Palmares", Ele criticou os vereadores quando insistiram na defesa do antigo local.

Determinado, o vereador, Elvis Alan justificou que a feira livre vem trazendo prejuízos aos feirantes que estão endividados e passando dificuldades de toda monta. A resistência dos emissários do prefeito Kil de Freitas para a audiência de conciliação gerou novas discussões até o vereador Cícero Aureliano sugerir que a feira livre dá sexta e do sábado seria no antigo molde e da segunda e quartas-feiras, o modelo adotado via decreto do prefeito Kil de Freitas.

Nesse momento o impasse tomou conta da sala, nenhum representante da prefeitura esteve apto para fechar o acordo e a reunião foi encerrada sem entendimento entre as partes que voltam a se encontrar na próxima segunda-feira,24, na sala do desembargador Tutmés Airan para, talvez, o seu capítulo final.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
20/07/2017 às 13:09

Vice-prefeito ignora crise no município e se exibe em viagem ao Juazeiro do Norte-CE

O vice-prefeito Zé Alfredo ignorou a crise administrativa que União dos Palmares atravessa e viajou para a cidade turística de Juazeiro do Norte-CE. O político virou devoto do padre Cícero Romão Batista depois que ingressou na vida pública incentivado pelo prefeito Areski Freitas sob a alegação que a sua devoção ao santo seria importante demais para o projeto político da campanha de 2016.

No município de Juazeiro do Norte, ZA  se juntou a um grupo de funcionários da secretaria municipal de saúde da prefeitura de União dos Palmares que se encontram naquela cidade tem uma semana e que atuam no serviço público municipal. O blog esteve no setor de trabalho desses servidores e foi informado que eles tem faltado há uma semana sem um motivo. "Os dias que faltaram não serão cortados pelo chefe, secretário municipal, Filipe Almeida", disse o servidor que pediu anonimato.

ZA fez selfie em alguns dormitórios onde palmarinos estão acampados de e dormem num colchão colocado num salão de uma suposta escola, enquanto o vice-prefeito foi visto hospedado num hotel cinco estrelas da cidade. Na série de fotos feitas por ele, ZA diz que chegou a participar de uma missa numa matriz local.

Por outro lado, bairros como Mutirão, Nilton Pereira, Roberto Correia de Araújo e Padre Donald além do Santa Maria Mdalena, sofrem com a falta de estrutura onde nas redes sociais moradores postam fotos de veículos atolados, lixo por ser coletado e muita escuridão.

De acordo com Luiz Carlos, presidente da AMRCA (associação dos moradores do bairro Roberto Correia de Araújo) "a situação é de extremo abandono do prefeito Kil de Freitas e do vice-prefeito Zé Alfredo, onde mais de cinco ruas se encontram impossibilitadas de acesso com veículos, a excessão de tração animal. Uma vergonha", disse o presidente num áudio que o blog teve acesso.

A redação tentou falar com o vice-prefeito para saber quem custeou suas despesas na cidade do Juazeiro do Norte e de mais sete pessoas, mas ele não respondeu as nossas chamadas telefônicas.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
16/07/2017 às 13:55

Secretários de Kil de Freitas destoam do chefe e montarão palanque para candidatos diferentes em 2018

O prefeito Kil de Freitas tem revelado no privado que pretende fazer uma reforma administrativa no seu governo a partir do ano que vem. O presidente municipal do PMDB, em União dos Palmares, alega que perdeu o controle sob seus aliados políticos quando tem recebido informações de que eles estão trabalhando candidaturas de políticos para as eleições gerais do ano que vem, diferentes dos seus.

Kil evita tratar desse assunto para assessores mais próximos e confiáveis, a exemplo de Jorjão Luiz Peixoto, filho do seresteiro e ex-vereador de São José da Laje, Cição. Jorjão exerce a função de secretário municipal de Finanças, mas quando se trata de assunto e decisões políticas, Kil evita falar com ele (que é casado com Rimelque, secretária municipal de Educação e a irmã da esposa de Kil).

A preocupação do político que se tornou prefeito de União dos Palmares por três legislaturas, superando nomes como o ex-prefeito Afrânio Vergeti de Siqueira, Manoel Gomes de Barros e Zé Pedrosa, está relacionada aos nomes de candidatos nas eleições de 2018, que destoam dos seus.

Junior de Iran Menezes, secretário municipal de Infraestrutura, apoia para federal Maurício Quintela, o mesmo nome de Kil de Freitas, mas no tocante ao estadual, Junior não vai com Paulo Dantas, candidato de Kil. Essa decisão irritou o prefeito.

O mesmo caminho está sendo trilhado por Zé Alfredo. ZA vai para federal com Givaldo Carimbão e tem ensaiado uma candidatura própria para deputado estadual. Ele botou na cabeça que terá mais votos do que qualquer outro nome vindo de fora, por isso bate o pé e não desiste dessa ideia. Para muitos, o nome de Zé Alfredo é leve, já que ele é natural de União dos Palmares e um dos empresários mais prósperos de União dos Palmares.

Situação de desespero se aproxima para o diretor do Saae, Zé Pequeno, que apoia para deputado estadual, Marcos Barbosa e sustenta esse nome tem mais de cinco eleições no município. Com Zé Welington (Pequeno) seguem Valdão, Luiz Carlos dos Terrenos, Tato e mais sete nomes que o diretor do Saae empregou na autarquia longe dos olhos de Kil de Freitas.

Filipe Almeida, secretário municipal de Saúde, vai para estadual com Marcos Toledo e para deputado federal, Pedro Vilela, que prometeu nas eleições municipais, segundo uma fonte, ajudá-lo numa suposta candidatura a prefeito de União dos Palmares. A conferir.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
14/07/2017 às 16:40

Rodrigo Valença libera 50% do 13º salário e aquece o comércio de São José da Laje

A valorização do servidor público municipal de São José da Laje, sempre foi o firme propósito do prefeito Rodrigo Valença. Pelo 5º mês consecutivo o salário de todos os servidores municipais foram liberados na manhã desta sexta-feira,14.

Inicialmente foram liberados 50% do 13º salário dos servidores efetivos, o que refletiu diretamente no comércio local com a movimentação dos recursos injetados pelo prefeito, Rodrigo Valença..

Nos últimos anos, São José da Laje, retomou o título de “Princesa das Fronteiras”. A cidade se transformou num canteiro de obras. Mesmo em tempos de crise, o prefeito tem uma gestão voltada para o desenvolvimento econômico e social do município. 

Para fazer face ao pagamento do salário do servidor em dia,  atribuição constitucional, Rodrigo Valença planejou sua gestão, pautada em honrar os compromissos assumidos. Hoje ele mandou creditar 50% do 13º terceiro no primeiro semestre atribuição de poucos gestores alagoanos. A decisão foi tomada com base na despesa e receita do município, que tornou o pagamento possível, proporcionando um rendimento extra aos funcionários públicos efetivos neste final de primeiro semestre.

Desde que assumiu, Rodrigo Valença tem entre suas prioridades, o pagamento em dia dos salários, e incluiu o pagamento de 50% do 13º, como um benefício que não era concedido em gestões passadas.

“Após amplo estudo contábil, feito pelos técnicos e secretários do município, o prefeito Rodrigo Valença autorizou o pagamento da metade do décimo terceiro salário, garantindo  aos servidores uma renda que extra. O objetivo do prefeito era que a sua ação administrativa não sofresse solução de continuidade e, foi exatamente o que aconteceu" , ponderou Cinthya Lopes, secretária municipal de Finanças.

Com essa medida o município de São José da Laje demonstra a sua capacidade financeira aos servidores no meio do ano. De acordo com o prefeito, "a antecipação só foi possível porque o município manteve uma reserva técnica de recursos, objetivando efetuar o pagamento desse benefício", disse ao blog.

“Estamos fazendo obras estruturantes desde o início do ano, com investimentos na área da saúde, educação, do lazer. Sem descuidar do orçamento com o qual estamos trabalhando. Os funcionários são fundamentais para o bom andamento do município, e nós entendemos isso.  Isto nos orgulha e nos dá a certeza de que estamos no caminho certo na administração de São José da Laje”, finalizou o prefeito Rodrigo Valença.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
09/07/2017 às 13:19

Drama: alunos da zona rural enfrentam perigo em caminhão pau de arara com as fortes chuvas

Com o período chuvoso, o perigo nas estradas rurais para quem depende de caminhão “pau de arara” só aumenta. Alguns alunos registraram, na tarde da quinta-feira (06), a dificuldade que o transporte escolar enfrenta para subir ou descer ladeiras em meio à lama na zona rural de Santana do Mundaú.

Os estudantes gravaram os vídeos quando estavam a caminho da escola e mostraram à direção da Escola Estadual Manoel de Matos. "Isso preocupa porque os nossos alunos - tanto da rede municipal quanto da estadual - estão arriscando a vida para ter um futuro melhor", disse a diretora adjunta, Lúcia Lourenço.

Nas imagens, é possível ouvir os relatos dos estudantes que são obrigados a descer do transporte enquanto o motorista tenta se livrar da lama com ajuda de uma enxada. "Gente, olha a situação em que Santana do Mundaú está: alunos tendo que descer do carro para empurrar o caminhão e o motorista arrastando terra. É uma situação precária. Hoje foi um dia de andar a pé em vão, infelizmente”, lamenta uma aluna. 

O vídeo mostra o caminhão que realiza o transporte dos jovens e adolescentes dos sítios Ramos, Minas, Três Paus, Laranjeiras e Brenhas. O veículo desliza entre às lamas, fica atolado e encostado na barreira. Foi preciso até contar com ajuda de um trator para a viagem prosseguir. Alguns alunos observam a situação de forma humorada.

“Não tem previsão para chegar à escola. Se Deus quiser, hoje a gente vai para a escola, nem que seja de trator”, brinca a aluna. No momento em que o caminhão sai da lama, os estudantes comemoram: “E a história acaba tendo final feliz: o caminhão sai do atoleiro e alunos vão para escola”, registra a jovem.

Ao Mundaú Notícias, o secretario de Transporte de Santana do Mundaú, Otávio Marques, disse que o problema é antigo nas estradas vicinais e que a nova gestão encontrou dificuldades para prevenir a situação.

“Quando assumimos, os veículos do município estavam sucateados e quando conseguimos consertá-los já foi no início do inverno. Mesmo assim, estamos tentando amenizar a situação ‘pissarrando’ estas estradas, mas as chuvas intensas e quando o carro passa acabam com tudo”, informa o secretário. “É da natureza e só resta aguardar que estie para poder começar tudo de novo”.

O titular da pasta também garante que no próximo inverno a situação não seja grave novamente. “A gente está se preparado para renovar todas as estradas do município no início do verão para que no próximo inverno isso  não aconteça, ou, se acontecer, que seja de uma intensidade leve, porque a gente sabe que com a chuva na estrada de barro há sempre dificuldade", afirma.

Sobre a ausência de ônibus escolar, Otávio explica que o uso do veículo é inviável: “Os ônibus que temos não sobem de maneira alguma nessas estradas. Então, por isso, a gente manda caminhão F4000”.



Por: Thiago Aquino de Santana do Mundaú

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 3028-7338 (Redação)

© 2017 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.