OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 25 de fevereiro de 2020

Colunistas

Ivan Nunes Ivan Nunes
É jornalista profissional. Há mais de 20 anos escreve sobre os bastidores da política na Zona da Mata alagoana.
24/10/2017 às 07:44

Prefeito Kil de Freitas protagoniza vexame à Mãe Neide diante do presidente da Caixa; nas rapidinhas que está de volta

Prefeito Kil de Freitas quis demonstrar para Mãe Neide ter prestigio junto a Caixa, mas ela mesma testemunhou que nem de longe Prefeito Kil de Freitas quis demonstrar para Mãe Neide ter prestigio junto a Caixa, mas ela mesma testemunhou que nem de longe

Calote
O fornecimento de produtos da agricultura familiar destinado para a merenda escolar em União dos Palmares está literalmente ameaçado. Produtores reclamam a venda de 46 sacas de macaxeira destinada para a merenda escolar da rede municipal de ensino, mas o prefeito Kil de Freitas, juntamente com a secretária-cunhada, Rimelque Shirley, não conseguiram efetuar o pagamento tem dois meses e meio. Esses produtores que sustentam suas famílias da venda desses produtos à Prefeitura de União dos palmares começa a passar por dificuldades.

Uma fonte revelou que Kil de Freitas fica "venha hoje", "passe daqui a 15 dias" e não faz o pagamento aos produtores rurais, que começam a sentir, na pele, a gestão de Kil de Freitas, quando o assunto é pagamento. O suposto calote pode esbarrar na mesa da promotora de Justiça, Adilza, recém chegada para atuar na 2ª Vara de União dos Palmares.

Vexame, Yorubá
O prefeito Kil de Freitas protagonizou à mãe de santo e proprietária do restaurante temático Baobá, localizado no sopé da Serra da Barriga, Neide Maria Martins, o maior vexame já visto no camdoblé alagoano. Fazendo-se de amigo do presidente nacional da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, indicação do senador Biu de Lyra, do PP, que é rival até a quinta geração do senador Renan Calheiros, padrinho político do Kil, o prefeito de União dos Palmares pegou mãe Neide Oyá D'Oxum pelo braço e levou até a presença de Ochhi, para levantar um patrocínio da Caixa para o 20 de novembro deste ano.

Uma fonte do blog disse que o entusiasmo de Mãe Neide pelo feito de Kil só fez aumentar o prestígio do prefeito no mundo Yorubá. Frente a frente, Gilberto Ochhi passou a folhear o projeto de Mãe Neide, página à página e depois sentenciou:

"Um projeto fraco, mãe"! disse o presidente da Caixa. "Nem um power point", queixou-se Gilberto Ochhi aos presentes para desespero de Mãe Neide, que foi pega de surpresa.

Rubro, Kil de Freitas desconversou na hora e para tapiar a babalorixá do vexame provocado, o prefeito de União dos Palmares prometeu voltar depois, mas foi desaconselhado pelo presidente nacional da Caixa Econômica Federal, que ainda fez um pedido:

"Prefeito, ela não vai fazer uma macumba pra mim, não, né? Reagiu Ochhi, em tom espirituoso, para um não amarelado de Kil de Freitas e a mais pura decepção para Mãe Neide, que passou, talvez, o maior vexame da face da terra na busca por patrocínio para os festejos afrodescendentes do 20 de novembro.

Comentários

181
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2020 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.