OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de setembro de 2018

Colunistas

Ivan Nunes Ivan Nunes
É jornalista profissional. Há mais de 20 anos escreve sobre os bastidores da política na Zona da Mata alagoana.
04/03/2018 às 15:04

Quando a sentença vier

Kil de Freitas, prefeito de União dos Palmares e especialista em burlar a Lei Kil de Freitas, prefeito de União dos Palmares e especialista em burlar a Lei

O prefeito Areski Freitas virou o prefeito da malandragem. Vejamos: ele nomeia a esposa de Jandilson Vasconcelos como titular da SMTT mas quem dita as regras na pasta é o maridão, Jandilson, que por ser funcionário da Detran-AL não pode ser nomeado como tal. A fraude no comando dita regras e muda sem consulta prévia o trânsito da cidade,  tudo isso debaixo da proteção do braço direito da máfia ceciliana chamada por essas bandas de Kil de Freitas.

Na prefeitura, o caminhão da carne, que transporta o boi nosso de cada dia, abatidozinho direto de São José da Laje prá União dos Palmares, pertence a Jorjão, que cobra mais de R$ 5.000,00 reais por mês de locação da prefeitura de União dos Palmares. O caminhão está em nome de um laranjão e o motorista recebe pela secretaria municipal de Agricultura, que por sua vez não recebe salários pelo trabalho tem cinco meses. Ô vida de gado, povo marcado, povo feliz? Feliz! 

Mas a saga da trapaça, do embuste, da enganação, continua a passos largos. A secretária municipal de Educação, a bela moça de rosto afeiçoado e de características da Europa, era no concurso realizado pela prefeitura a 5ª colocada. Da noite para o dia, Kil de Freitas de caneta na mão, pulou dois classificados e convocou quem? D Rimelque Xirli. Que se transformou nessa gestão na mulher mais poderosa da face da terra.

Como assim caminha a humanidade, a lambança não para por aqui. O Mário Gomes, escola de renome local dispõe de 12 salas de aula, mas, apenas 5 funcionam e pelo dia. O Mário Gomes fechou pra balanço no período noturno. Que município é esse que a secretária municipal de Educação é dona de uma escola privada, doutor? Que determina, proibe o acesso de vereadores ao interior de uma unidade de ensino do município, da rede? Não, mil vezes não, ou melhor: setenta mil vezes não!

Quem segura Kil de Freitas no pedaço? Na estripulia administrativa? No mal feito administrativo? Amigo, Jorjão tem duas rendas na prefeitura municipal de União dos Palmares e a esposa, secretária de Educação ganha R$ 20 mil reais. Ela recebe mais de três quatro cinco vezes na mesma fonte. Não pense que a batalha está perdida. Tenha fé em Deus tenha fé na vida, já dizia o cancioneiro Raul Seixas.

Fica o libelo aqui para Dr Yulli Rotter, Drs Carlos Davi, Adilza Inácio, Carmem Lúcia se fartarem e despertarem o sentimento de indignação, de vilipêndio a um município pobre, tomar conta nesse momento como legítimos Guardiões da lei.

Enquanto isso, União segue sem uma creche, caminha sem um matadouro, uma sede do IML, um centro cirúrgico capaz de extrair uma unha sem ter que encaminhar para o HGE. Kil virou um réu esperando acontecer. Tenho dito.(Ivan Nunes)

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.