OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 12 de dezembro de 2018

Colunistas

Ivan Nunes Ivan Nunes
É jornalista profissional. Há mais de 20 anos escreve sobre os bastidores da política na Zona da Mata alagoana.
28/11/2018 às 06:43

Prefeitura de União recolhe mais de cinco mil toneladas de entulho por mês

Nesta foto ilustrativa você tem a dimensão do entulho descartado na cidade e as vezes na porta de casa Nesta foto ilustrativa você tem a dimensão do entulho descartado na cidade e as vezes na porta de casa

A Prefeitura de União dos Palmares, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), retira mensalmente mais de cinco mil toneladas de entulhos que são deixados por moradores que estão em fase de construção na cidade. Entre janeiro e outubro deste ano, mais de 800 caçambas de entulhos foram retiradas, por mês, de diversos locais no município. Cada caçamba tem capacidade para 12 toneladas.

Somente em um imóvel localizado próximo ao Segunmdo Batalhão de polícia de União dos Palmares, no centro da cidade, foram retiradas 15 caçambas de entulhos, que somados a outras ruas corresponde a 960 toneladas de material descartado irregularmente.

De acordo com Junior Menezes, secretário de serviços urbanos, é preciso que os moradores e carroceiros se conscientizem sobre a importância de não jogar entulho em lotes vagos ou abandonar na porta de casda opnde as vezes não comunica a Seinfra e o descarte passa de uma duas três semanas.

“Os moradores têm que descartar os entulhos em locais corretos. Existem os cascos destinados aos carroceiros. Caso o morador queira contratar um carroceiro, contrate aquele que tem responsabilidade e que joga os entulhos em locais próprios, e não em lotes vagos ou nas proximidades do lixão na Camaratuba”, disse o secretário.

Ele enfatiza que o período chuvoso pode contribuir para o aumento da proliferação do mosquito da dengue e de animais peçonhentos. “Conclamamos os moradores, carroceiros, empresas em geral, para que tenham responsabilidade para com a cidade. Estamos no período chuvoso, e jogar entulhos em lotes vagos pode contribuir com a proliferação do mosquito Aedes Aegypt. O momento é muito critico, e só temos uma maneira de combater o mosquito: a união do poder público com a população. Pedimos para que a população se conscientize e colabore com a limpeza da cidade”, destaca Junior Menezes.

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.