OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 16 de agosto de 2017

Colunistas | Arquivo: Setembro / 2016

Ivan Nunes Ivan Nunes
É jornalista profissional. Há mais de 20 anos escreve sobre os bastidores da política na Zona da Mata alagoana.
22/09/2016 às 21:04

Juiz eleitoral barra transporte pau de arara no dia da eleição de prefeito e vereador

O juiz eleitoral Carlos Bruno rechaçou a ideia medieval de transportar eleitor da zona Rural, em transporte de caminhão, para votar no dia 2 de outubro. Ele disse que o transporte mais conhecido como Pau de arara representa perigo à vida, e entendeu ser o tipo de transporte mais irregular da face da terra, mesmo sendo ainda utilizado no Nordeste do Brasil. Consiste em se adaptar nos caminhões para o transporte de passageiros, constituindo-se em substituto improvisado para os ônibus convencionais.

Momento depois de anunciar a barração, nenhum dos representantes de partidos envolvidos na reunião com o juiz eleitoral, Carlos Bruno e com o promotor, Carlos Davi, abriu a boca para convencer os dois sobre esse tipo de serviço que vem sendo feito em União dos Palmares, há anos, tanto no transporte de estudantes, como de romeiros e até idosos quando o assunto é receber do INSS.

O pau de arara não vai acabar nem tão cedo, pois sobre a carroceria do veículo são colocadas tábuas, que servem de assento, e a instalação de uma lona como cobertura a proteger das intempéries completam a adaptação deste para o transporte.

Suas origens remontam aos tempos em que não havia outras formas para o transporte de maiores quantidades de pessoas, além de estradas bastante precárias. É um veículo de carga, capaz de vencer os terrenos mais difíceis.

"O pau de arara é um transporte específico para transportar mercadorias e não seres humanos", justificou o promotor eleitoral, Carlos Davi. "Há dois bens ai em conflito: seria o direito a vida do eleitor e o direito de votar. Nesse confronto, optamos pelo direito a vida", reforçou o veto.

"Não podemos ser coniventes ou co-responsável por um transporte irregular. Portanto, resolvemos barrar esse tipo de transporte", disse Carlos Davi.

"A justiça eleitoral terá ao seu dispor cerca de 60 veiculos no dia da eleição. Uma frota considerável onde o eleitor só não votará se não quiser, mas não terá motivo nenhum para alegar a falta de carro para achegar até ao seu local de votação", comentou o juiz eleitoral, Carlos Bruno, ao ter acesso a lista de veículos disponibilizados pela prefeitura municipal de União dos Palmares, maior cessionária de carros para esta eleição com 22 ônibus amarelinhos além da frota de ônibus ligados a Associação dos Motoristas do Transporte Escolar de União dos Palmares(AMTEUP).

De acordo com o chefe de cartório, Zé Carlos Ramalho, "os veículos serão adesivados na próxima sexta-feira,30, no prolongamento da antiga rua do Jatobá, na garagem dos amarelinhos(ônibus escolar da prefeitura). Não serão permitidos a circulação de nenhum veículo sem que não disponha do adesivo afixado no parabrisa do carro. Implicando nessa insubordinação, o proprietário do veículo será detido. O mesmo se adequa para o município de Santana do Mundaú, finalizou Ramalho.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
17/09/2016 às 09:02

Renan Filho tenta alavancar candidatura do PMDB em União dos Palmares

Um comicio que serviria para confirmar a força da militância verde em União dos Palmares, nesta sexta-feira,16, com a presença de um dos ilustres filhos da cidade de Murici, o governador Renan Filho (PMDB), acabou não conseguindo repetir a porção mágica que embeveceu curiosos da primeira carreata, que desembocou no bairro Roberto Correia de Araújo, passando pelo centro, num roteiro de maratona olímpica.

Defensores do candidato, que continua tendo sua chapa questionada peplo candidato Eduardo Pedrosa (PMN), seu principal adversário à prefeitura municipal, alegam que a baixa frequência da noite de emancipação política de Alagoas foi motivada pelo cansaço da última carreata e a espera angustiante pelo governador Renan Filho, que resolveu iniciar sua peregrinação política na Zona da Mata, na cidade onde o prefeito-candidato Rodrigo de Neno, de São José da Laje, ver o seu antagonista Duduí, se aproximando demais.

Renan Filho copiou cantor de forró que faz show em cidades diferentes ao mesmo tempo e, com isso, deixa a plateia esperando como noiva que não quer casar, porque está com a cabeça inchada pelo outro mas, mesmo assim, vai nem que compareça três horas depois para a cerimonia.

Foi um comicio onde fala de vereador foi barrada. Não dá mais para perder tempo, tem muito candidato que adota o lero lero, como blá blá blá político e a militância verde e dispersa já não suporta mais. Daí, então, resolveu-se dá o microfone ao ex-prefeito Iran Menezes, que não perdeu a oportunidade de fazer apologia ao passado administrativo de sua carreira política.

Iran Menezes ironizou a cidade que diz 'amar sobre todas as coisas' ao aconselhar o governador caminhar a passos lentos, pois poderia pisar num buraco e ai? Essa foi a principal besteira do orador, que deveria dá provas de seu legítimo interesse pela cidade, fazendo no mínimo o dever de casa, fechando as crateras da fina camada de asfalto que ele mesmo colocou há anos, quando era cabo eleitoral do ex-governador Manoel Gomes de Barros. Revelou-se um diretor de autarquia da mais pura conveniência.

No encontro com a militância verde, Renan Filho, foi enfático em desejar na prática trabalhar por União dos Palmares. Lembrou da mão estendida do governo do estado para o hospital São Vicente de Paulo naquele episódio do fechamento da unidade de urgência e emergência, lembram? Do desejo real de querer fazer a estrada de acesso a Serra da Barriga, da Barra do Canhoto e de concluir a obra da Uneal.

Estilo Forest Gump, o governador se transformou num exímio contador de histórias futuras e passadas, quando o município de União dos Palmares foi reconhecido por ele, como cidade Pólo de uma região onde a juventude precisa de oportunidades. Renan Filho, que já caminhava para a afonia, acabou aos gritos dizer que é 15, é 15 é 15!, para um público voltado mais para a novela do Velho Chico.

Do candidato Kil de Freitas, uma surpresa: muitos atribuiram a sua fala recheada de cortesia ao adversário a presença do governador Renan Filho. Kil de Freitas adotou uma narrativa administrativa muito prolixa, tentando a todo custo remeter a militância já de olheiras, a sua passagem pela prefeitura. 

Sarrafo mesmo, Kil deu no candidato a vice da chapa do É Povão, vereador Bruno Praxedes. Freitas insiste em contar um fato já entregue a história política. Longe de se tornar num político impessoal e elegante, como foi o Renan Filho, ele elegeu como bandeira política na sua campanha, criticar de maneira sistemática a família Praxedes, sem muito sucesso. Devido ao passar das horas, o comício do candidato Freitas ficou por ali mesmo (21h) e a certeza de que um raio não cai no mesmo lugar, duas vezes.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
15/09/2016 às 00:10

Comandante da PM comemora queda nos índices de criminalidade na zona da Mata alagoana

O comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar de União dos Palmares, tenente coronel Valter Do Valle Junior, distribuiu nota com a imprensa no final da tarde desta quarta-feira, 14, onde comemora indicadores positivos de combate ao crime organizado na Zona da Mata alagoana, através de metas estratégicas.

Na nota ele destacou o trabalho que desempenha em parceria com o delegado regional de Polícia Civil, Izaias Rodrigues, onde ele atribuiu resultados importantes nesse aspecto, graças ao empenho de todos que atuam na área de segurança pública em União dos Palmares. Acompanhe agora e na ítegra, a nota distribuída por Do Valle a imprensa.

Boa tarde amigos e amigas, junto com o amigo Delegado Isaias Rodrigues, um amigo e um grande profissional, acabamos de sair da Secretaria de Segurança Pública de Alagoas, onde participamos da reunião de N3, cujo objetivo de avaliar os números da criminalidade, especificamente na nossa região (12 AISP - 2° RISP), na qual somos gestores.

Nesse momento venho agradecer a todos que ajudaram, ajudam, acreditaram e acreditam em nosso trabalho, pois tivemos nesses dois meses (Julho e agosto) a maior redução da criminalidade do Estado, superando áreas da Segurança Pública com melhores condições de trabalho e investimentos, tenho a certeza que isso é trabalho e compromisso.

Ficamos honrados pelos números divulgados, contudo, vida que segue, pois sabemos que temos muito a crescer e a melhorar. Obrigado pessoal por tudo, como sempre digo a vcs, o bom no bom é bom, agora quero vê o bom no ruim...!!!

Esta semana, Do Valle, deu palestra no auditório da prefeitura municipal, para atletas Sub-17 do Zumbi Esporte Clube, dentro do projeto Promopaz, difundido pela educadora, Ana Cardoso, com apoio da secretaria municipal de Educação de União dos Palmares. Que o esporte possa proporcionar a todos vocês o caminho da honestidade, do companheirismo, da cidadania, evitando os descaminhos que não leva a nada, evitando assim, chegar ao submundo das drogas, admoestou Do Valle aos presentes.

Na oportunidade, o comandante assegurou um confronto no mundo da bola, entre o Clube de Regatas Brasil e o Zumbi de União dos Palmares, categoria Sub-17, em data a ser aprazada ainda.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
12/09/2016 às 07:04

Kil de Freitas participa de carreata sem a presença do governador e de olho no julgamento de sua chapa

A ausência do governador Renan Filho na carreata de Kil de Freitas, deixou o candidato do PMDB tonto. Durante a semana, Renan foi anunciado aos quatro cantos de União dos Palmares, como presença garantida e essa expectativa acabou virando uma frustração por parte da militância verde.

A carreata teve início no posto Serra da Laje, de propriedade de Zé Alfredo, ganhou o Castelo Branco, seguindo pela avenida João Lyra Filho, até desembocar nas ruas estreitas do bairro Roberto Correia de Araújo, onde a atuação de Freitas quando então prefeito, foi pífia.

O blog circulou com sua câmera secreta por entre simpatizantes do candidato, que terá a sua candidatura julgada nesta segunda-feira,12, pelo juiz eleitoral de União dos Palmares, Carlos Bruno, por improbidade administrativa (superfaturamento da merenda escolar). O pedido de impugnação partiu de seu principal adversário, Eduardo Pedrosa.

Na carreata, uma constatação: o poder de liderança dos candidatos a vereador, Almir Belo(PDT); Jailson Vicente(PMDB) Lucas de Macarrão e Zé Lourenço, esses dois últimos, oriundos de Rocha Cavalcante, a Barra do Canhoto.

Almir Belo reagiu bem ao lado de seus apoiadores a liderança folgada dentro da coligação do vereador Preguinho (PDT), mas ficou na segunda posição para Jailson Vicente, que colocou entre 150 carros e 80 motocicletas pelas ruas do centro de União dos Palmares, num buzinaço só. Os demais candidatos foram meros coadjuvantes.

Guardadas as devidas proporções, o candidato do PMDB não superou a militância de seu adversário, Eduardo Pedrosa, quando ao lado do senador Fernando Collor partiu do posto BR, até a praça Frei Damião, num percurso duas vezes maior que o traçado a carro pelo PMDB-PROS.

A imprensa aguarda para daqui a pouco, um pronunciamento nas redes sociais do candidato subjudice, Kil de Freitas, justificando o porquê do governador Renan Filho não ter dado as caras em União dos Palmares, com o intuito de alavancar sua campanha a prefeitura. A conferir.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
10/09/2016 às 23:10

Candidatura de Kil de Freitas será julgada até segunda-feira, dia 12; juiz eleitoral já reprovou 3

Este será o último final de semana que o juiz eleitoral Carlos Bruno de Oliveira Ramos terá para decidir o futuro político do candidato a prefeito Kil de Freitas, do PMDB, nas eleições municipais de 2016.

Acusado pelo Ministério Público do Estado de superfaturamento na merenda escolar, Kil de Freitas tenta passar, agora, um gato por jacaré na legislação eleitoral e, com isso, obter o seu registro de candidatura homologado pelo juiz eleitoral Carlos Bruno, que tem até segunda-feira, 12, como prazo limite para tornar público aos 42 mil eleitores aptos no município de União dos Palmares, se Kil de Freitas continuará no jogo ou não, já que na condenação prolatada pelo então juiz Ygor Vieira de Figueredo, ele teve os seus direitos políticos cassados até 2018.

O pedido de impugnação da candidatura de Areski Freitas foi feito pelo candidato, Eduardo Pedrosa (PMN), arquinimigo de Kil do Charque, como ficou conhecido no submundo da política. Esta semana o juiz eleitoral Carlos Bruno indeferiu a candidatura de dois postulantes ao Poder Legislativo. O primeiro, por não ter prestado contas no último pleito (2012) no município de Santana do Mundaú, que faz parte da circunscrição eleitoral da 21ª Zona.

Trata-se de Alex Sandro Freire da Silva, que foi pego pelos artigos 53 que versa sobre contas não prestadas e com isso, acarretará ao candidato o seu impedimento nas eleições 2016.

Alex Sandro, teve suas contas eleitorais de 2012 julgadas como não prestadas, incorrendo em sua não quitação eleitoral até o final da legislatura, como estabelece o artigo 53 da Resolução. Daí o Ministério Público Eleitoral manifestou-se pelo indeferimento do pedido de registro, que não vai disputar a eleição para vereador no município de Santana do Mundaú.

O segundo caso foi o de Evandro José da Silva que teve seu registro de candidatura indeferido por que está domiciliado em União dos Palmares desde 12 de fevereiro de 2016, onde na verdade ele deveria ter domicílio eleitoral a partir de 2 de outubro de 2015 e estar com a sua ficha de filiação deferida pelo partido desde 2 de abril de 2016. Nesse caso, entrou em campo o artigo 12 da Resolução TSE número 23.455/2012.

Outro caso de indeferimento foi a chapa de Carlos Leão (PSOL), que registrou o seu vice, Wanderson Enio, com idade inferior a 21 anos. A conferir agora, o caso mais emblemático dessa eleição, onde Areski Freitas (subjudice)pode ser barrado, mas esse desfecho nós só teremos na segunda-feira,12, prazo limite para o juiz eleitoral, Carlos Bruno.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 3028-7338 (Redação)

© 2017 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.