OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 11 de dezembro de 2017

Colunistas | Arquivo: Dezembro / 2017

Ivan Nunes Ivan Nunes
É jornalista profissional. Há mais de 20 anos escreve sobre os bastidores da política na Zona da Mata alagoana.
11/12/2017 às 20:02

Parcela do FPM de União do dia 10 foi a maior do ano; confira quanto checando os extratos bancários

Por ora, quem tem motivo de sobra para começar a semana sorrindo ao lado de seus parentes secretários municipais, é o prefeito de União dos Palmares, Areski Freitas. A primeira parcela do FPM que caiu na sexta-feira,8, de maneira antecipada, despejou nas contas da prefeitura, quase R$ 4 milhões de reais - grana suficiente para pagar o mês de dezembro de 2017 e o seu décimo terceiro salários, de acordo com um economista ouvido pelo blog.

Essa, foi a maior parcela do Fundo de Participação dos Municípios(FPM), que Kil de Freitas e Jorjão ficaram frente a frente desde que ele foi eleito pelo PMDB. Num áudio que chegou a redação do blog, Kil de Freitas leva um papo reto com a secretária municipal de Educação, Rimelc Lins, esposa de Jorjão Lins secretário de Finanças e irmã da primeiríssima dama do município, Gabriela Yasmin, do Selo Unicef.

No áudio, Kil pede calma e orienta a cunhada que é dona de uma escola privada que  recentemente utilizou dez ônibus amarelinhos da Semed numa excursão para a Serra da Barriga - Patrimônio do Mercusul - a ter calma.

- ...o décimo eu não sei se vai dá pra pagar. Tem uma parcela para entrar até o dia 20; se cair, estamos feitos, a gente vai pagar..Se não, a gente paga uma parte...", comenta Kil com voz de despreocupado.

- ...a nossa intenção é pagar até o dia 20, mas não posso afirmar, por que a questão financeira, ela está muito incerta. Sempre nos dias 10, 20 ou 30 a gente tem tido surpresas, porém nossa intenção é essa...", disse Rimelque num áudio remetido a um professor.

Confira os extratos do FPM que o blog levantou com exclusividade.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
10/12/2017 às 20:31

Reserva da Mata Atlântica pertencente a Usina Laginha está abandonada e a madeira vendida para as padarias de União dos Palmares

Quem corta a BR-104 com destino a capital dos alagoanos Maceió tem se assustado com a rápida destruição do único pedaço de Mata Atlântica a margem daquela rodovia federal. Dezenas de invasores derrubam boa parte das árvores e o pedaço de reserva de mais de 8 hectares pertencente a extinta Usina Laginha de propriedade do empresário João Lyra, acaba virando lenha para as padarias do município.

Eles agem de maneira impiedosa, cortam as árvores menores, deixam secar por um dia no local e na sequência disponibilizam o crime ambiental para as padarias localizadas nos bairros Juvenal Mendonça (antigo Castelo Branco); Roberto Correia de Araújo, os Terrenos; Sagrada Família, o Mutirão e no Nilton Pereira. Bem aos olhos das autoridades ambientais de União dos Palmares, destruindo a única Área de Proteção Ambiental no entorno daquele ex-setor sucroalcooleiro.

O blog recebeu um paiol de fotografias de madeiras nativas que foram retiradas a facão pelos carroceiros e membros de trabalhadores sem terra acampados nas imedicações. A ação desses homens é devastadora, onde é possível ver clareiras gigantes até mesmo para quem passa em alta velocidade na Br-104.

A prefeitura municipal de União dos Palmares dispõe de uma secretaria de Meio Ambiente que é ocupada por um Agente de saúde da região de Paus Brancos. Ele foi ex-candidato a vereador pelo partido do prefeito, Areski Freitas, que nada tem feito para  impedir a ação dessas pessoas que sem piedade derrubam as árvores importantes e plantas medicinais. Os homens fazem até roçado de feijão e macaxeira. O fechamento da Usina Laginha facilitou a ação criminosa e desenfreada dessas pessoas que ficam bem a vontade para cometer esse tipo de crime ambiental.

Como União dos Palmares não dispõe de um Batalhão de Polícia Ambiental, o único existente fica na cidade de Satuba-AL que só aparece na cidade quando realizam blitzs na feira livre ou recebem denúncias de criatórios de pássaros exóticos em cativeiros. A presença do BPA na região se tornou uma coisa rara, mas mesmo assim, necessária.

A reserva de Mata Atlântica que existia no entorno da Usina Laginha corre um sério risco de simplesmente desaparecer devido a falta de cuidados dessas autoridades e da ação de ambientalistas que deixa tudo acontecer. Bastava uma atuação mais enérgica contra esses carroceiros que atuam livremente nessa APA. Não se sabe mais se existe espécies selvagens no local pois tudo caminha para se tornar num local inóspito e sem vida, graças a ação criminosa desses fora da lei.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
09/12/2017 às 06:39

Mesmo tendo contas aprovadas prefeito de União pode perder mandato; saiba como

O prefeito Kil de Freitas jactou-se para sua meia dúzia de militantes, a aprovação de suas contas rejeitadas pelo então juiz eleitoral, Carlos Bruno, bem como pelo promotor eleitoral Carlos Davi e recomendada à reprovação, por uma promotora Federal. Encontrou abrigo na caneta do desembargador eleitoral Alberto Maya, ex-chefe de gabinete do Ministro Humberto Martins, durante sua gestão como presidente da OAB de Alagoas.

O despacho de Alberto Maya devolveu a esperança de que o perigo para Kil de Freitas passou, como supostamente passou na cabeça de Areski, que em 2012 ele não teve nada a ver quando chefiou uma gangue de superfaturadores de merenda escolar, fato descoberto pelo promotor de Justiça do caso, Jorge Luiz Bezerra.

Se o desembargador Alberto Maya dispensasse um naco de seu tempo antes dessa sua decisão e procurasse saber quem é o acusado e suas condenações recentes, veria que não tem muito tempo e ele autorizou uma licitação de mais de R$ 1 milhão e meio para a compra de urnas funerárias a um cabo eleitoral  e homem de confiança de seu irmão, Araken Freitas.

Insaciável, em outra licitação ganhou a lanchonete de parentes de seu atual chefe de gabinete, Fernando Viana, a bagatela de R$ 1 milhão e seiscentos mil, para a compra de quentinhas, paçocas(lanches), sanduiches e outras iguarias ,numa comedoria que ressuscitou este ano.

Mas, outro processo espera o prefeitto Kil de Freitas, e desta feita, tem até data marcada para a audiência de instrução, tendo como magistrado o juiz Yulli Rotter, que já abriu vistas para o MPE, pedindo a apresentação de testemunhas para as partes. Agora, nesta Ação de Impugnação do Mandato Eletivo(AIME) terá o seu comando, cuja decisão pode levar a cassação do prefeito Kil de Freitas, que mantém, sem o menor sobrosso, a cunhada secretária municipal de Educação; o esposo da cunhada secretário de Finanças; a esposa como dirigente do selo Unicef; o sogro, laranja de uma construtora, na reforma das unidades de ensino da rede, além de parentes no mais puro e suposto baixo clero.

Pena que o processo corre em segredo de Justiça. A conferir. 

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
02/12/2017 às 16:18

Morre Afrânio Vergeti, ex-deputado e prefeito de União dos Palmares

A família Vergeti anunciou na manhã deste sábado, 2, o falecimento do político e agropecuarista José Afrânio Vergeti de Siqueira, ex-prefeito de União dos Palmares. Casado com a professora Maria Cristina de Goes Vergeti, Afrânio teve dessa união dois filhos, Mauricio e Afraninho Filho.

Afrânio Vergeti foi vereador por União dos Palmares, em 1977. Oriundo da região do Sueca, rapidamente se tornou um visionário da política e fez, durante 50 anos de sua vida, oposição política à família Gomes de Barros, que representou, à sua época, uma agremiação política situacionista. 

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
01/12/2017 às 19:08

Prefeito suspende cobrança de taxa destinada a sindicato de União dos Palmares

Sem alarde, o prefeito Kil de Freitas radicalizou em cima do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de União dos Palmares, ao informar, num breve comunicado, que os servidores filiados terão que confirmar, junto ao RH da prefeitura, o desejo de continuar pagando - ou não, caso contrário :Lei Áurea para todo mundo.

 Kil de Freitas utilizou uma Lei do arco da velha para justificar que sua medida vem recheada de mágoas. Na nota que ele distribuiu nas redes sociais, o prefeito cita que  "COM A VIGÊNCIA DA LEI FEDERAL Nº 13.467/2017, A PREFEITURA MUNICIPAL DE UNIÃO DOS PALAMRES SUSPENDERÁ OS DESCONTOS FEITOS NO SALÁRIO DOS SERVIDORES, A TÍTULO DE CONTRIBUIÇÃO SINDICAL E DESCONTOS MENSAIS DOS SINDICATOS DE TODAS AS CATEGORIA.

OS SERVIDORES QUE TIVEREM INTERESSE NA MANUTENÇÃO DOS DESCONTOS E POSTERIOR ENVIO PARA OS SINDICATOS A QUE ESTÃO FILIADOS, DEVERÃO PROCURAR O SETOR PESSOAL ATÉ O DIA 04 DE DEZEMBRO, COM A AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA PARA O REFERIDO DESCONTO.

UNIÃO DOS PALMARES, AL. 28 DE NOVEMBRO DE 2017.

ARESKI DAMARA DE OMENA FREITAS JUNIOR

PREFEITO

Depois de concender entrevista numa rádio local, o presidente Olivânio Tita disse "não acreditar nessa atitude do prefeito Kil de Freitas que passou a jogar baixo e, providenciou de redigir uma nota de repúdio com a participação de servidores da prefeitura, sindicatos e a CUT, a qual é filiado. Na Nota o presidente contesta a Lei colocada em tese pelo gestor municipal.

NOTA DE REPÚDIO 

A Diretoria do Sindicato REPUDIA e CONTESTA a Nota do Prefeito de União dos Palmares/AL, Areski Freitas, veiculada nas rádios e redes sociais, terça-feira, 28, na qual ele faz graves afirmações, tentando retirar os direitos dos servidores municipais, que é assegurado nos termos da Constituição Federal e Lei Municipal nº 1072/2006, onde espressa o direito a livre associação sindical e que o gestor municipal deve descontar em folha o valor da mensalidade e contribuições definidas em assembleia geral da categoria.                Orientamos aos servidores municipais que não há necessidade de procurar o setor pessoal da prefeitura até o dia 04 de dezembro, pois o referido desconto já é legalmente autorizado mediante requerimento expresso do servidor ao SINTPMUP.   

União dos Palmares/AL, 30 de novembro de 2017.

  A Diretoria SINTPMUP

 O caso vai parar na Justiça Comum para mais um round entre o prefeito Areski Freitas e o sindicato de classe.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 3028-7338 (Redação)

© 2017 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.