OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 13 de dezembro de 2017

Colunistas

Ivan Nunes Ivan Nunes
É jornalista profissional. Há mais de 20 anos escreve sobre os bastidores da política na Zona da Mata alagoana.
29/10/2017 às 20:09

Com a chegada do verão, rio Mundaú vira atração de lazer para quem tem pouco dinheiro - ou nada

O rio Mundaú passou de vilão para uma das melhores alternativas de lazer para boa parte dos moradores de União dos Palmares, nos fins de semana. O local preferido é o velho conhecido Taquari, um bairro afastado do centro, onde não há posto de saúde, nem vida noturna. Durante o dia, nativos se misturam com visitantes e utilizam o melhor espaço da margem do rio, enquanto outros se arriscam em utilizar as pedras do caudaloso Mundaú para curtir sempre a dois.

Uma vegetação nativa em meio ao rio Mudaú, transformou-se numa imensa área vip, onde algumas pessoas quase sempre optam por esse local para beber, namorar e se banhar com as águas frias, às vezes morna, do rio que há pouco menos de 4 meses praticamente desapareceu devido a forte estiagem que matou os peixes e as águas do Mundaú deixaram de escoar.

"Venho aqui todo final de semana. Acho o local aprazível, trago meus filhos, minha bebida e me junto com os meus amigos. Passo sempre uma manhã alegre de muito prazer. Pena que não é um local policiado, tenho visto cenas quentes de casais por ali, por entre o lajeiro", disse Rebeca Martins,20 anos, que mora no bairro Nilton Pereira e pega dois transportes para chegar com a sua turma no banho do Taquari.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
28/10/2017 às 15:21

Ministério Público cobra explicações de prefeito de União dos Palmares sobre compra de urnas funerárias e repasse de recursos a time de futebol

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio das 1ª e 2ª Promotorias de Justiça de União dos Palmares, enviou ofícios ao prefeito de União dos Palmares, Areskil Freitas, solicitando informações sobre a compra de urnas funerárias no valor de mais de R$ 1 milhão e a respeito do repasse de verba pública para o time de futebol Zumbi Esporte Clube. Esta última iniciativa da prefeitura, inclusive, já estava em execução.

Sobre as urnas funerárias, a Prefeitura de União dos Palmares realizou pregão eletrônico, a pedido da Secretaria Municipal de Assistência Social, para comprar caixões de modo a atender famílias debaixa renda. O valor destinado a esse serviço custaria aos cofres públicos R$ 1.109.084,85.



O pregão foi realizado com a participação de três empresas. Porém, antes que a compra fosse realizada junto a pessoa jurídica vencedora, o fato foi denunciado ao Ministério Público, que expediu ofício ao chefe do Poder Executivo, requerendo todas as informações relativas ao processo.

Time de futebol

Também chegou ao conhecimentos dos promotores Carlos Davi Lopes e Adilza Inácio de Freitas, da 1ª e da 2ª Promotorias de Justiça de União dos Palmares respectivamente, que o município iria repassar um total de R$ 100 mil para o time de futebol da cidade, inclusive, cifras que foram autorizadas pela Câmara de Vereadores daquele município. Até o momento, o repasse já teria atingido o montante de R$ 38 mil. Do mesmo modo, novo ofício foi encaminhado a Areskil Freitas para que ele dê explicações sobre o assunto. “São inconcebíveis essas atitudes da gestão, especialmente porque os servidores públicos estão há três meses sem receber salários. Se não há recursos suficientes para honrar com o pagamento da folha de pessoal, não tem cabimento gastar dinheiro comprando urnas funerárias e fazer doação para time de futebol. O Ministério Público não vai aceitar que isso ocorra”, enfatizou Carlos Davi Lopes.

Em relação a questão salarial, o promotor de justiça ainda lembrou que a prefeitura já descumpriu um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado no início deste ano.”Um município com 66 mil habitantes não tem uma creche e a saúde e a educação estão precisando de investimentos. Além, como eu já falei, dos funcionários estarem passando dificuldade pela falta de salário. Não temos nada contra o esporte, mas a administração 

pública precisa elencar o que é prioridade. Se a compra das urnas for realizada e o dinheiro continuar sendo repassado ao time se futebol, vamos ingressar com ações contra a prefeitura” reforçou ele.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
26/10/2017 às 20:30

Vereadores reagem ao escândalo do caixão e pedem explicações ao prefeito Areski de Freitas

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vereadores de União dos Palmares separou, na manhã desta quinta-feira,26, o joio do trigo, que tem como protagonista o prefeito Kil de Freitas, alvo de zombaria nas redes sociais nas últimas 48h, depois de ter subscrito uma ata de licitação que autorizava a compra de mais de um milhão de reais a serem gastos na aquisição de urnas funerárias junto a um cabo eleitoral que deixou o ramo faz tempo.

No oficio, remetido ao prefeito municipal, o presidente Jailson Vicente de Melo, do PMDB, não aperta o Chefe do Executivo municipal com prazo, mas exige que seja logo, para que Areski de Freitas possa remeter àquela casa de leis, documentos que justifiquem o processo licitatório imoral, que levou o município de União dos Palmares a lama da rede mundial de computadores. Foi o efeito redes sociais que os vereadores se sentiram chateados e resolveram levar o feito a ordem.

O blog teve acesso ao documento, onde os vereadores subscreveram na tentativa de pregar um susto na gestão municipal em nome da sociedade palmarina. A cada tentativa de Kil de Freitas nas emissoras de rádio da cidade, a emenda sai pior do que o soneto.

Nas rádios, Kil de Freitas investe pesado em publicidades. Uma delas é a emissora do ex-governador Manoel Gomes de Barros, com cifras superior a R$ 10.000,00 reais/mês para ter o microfone a hora e no programa que quiser aberto para falar com a massa de ouvintes da AG FM.

O blog tentou falar com o vice-presidente da Câmara de vereadores, Ricardo Praxedes, mas ele não retornou as nossas ligações. Através de sua assessoria, garantiu falar com a imprensa logo que tiver em mãos, a papelada que fez do prefeito Kil de Freitas o bobo da corte política de União dos Palmares.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
25/10/2017 às 19:09

Prefeito de União dos Palmares autoriza secretária comprar mais de R$ 1 milhão em urnas funerárias

O prefeito Kil de Freitas continua subvertendo a ordem e busca nas rádios do ex-governador Manoel Gomes de Barros e num programa locado da Farol, justificar as peraltices administrativas que anda praticando com a caneta na mão, dada pelos eleitores quando venceu as eleições em 2016.

Apregoando que não tem dinheiro, nem o suficiente para pagar a aposentados, contratados da saúde e alguns da Seinfra, Kil de Freitas tem espalhado boatos em cárater oficial que a prefeitura municipal de União dos Palmares vive uma crise sem precedentes. A noticia ecoou aos ouvidos do sindicalista dos servidores municipais que ocuparam na manhã desta tterça-feira,24, um pedaço do terreno pertencente ao DER para protestar a forma cruel, como Kil de Freitas vem aplicando contra os servidores, se negando a pagar 1/3 de férias que deve desde sua gestão que findou em 2012.

O blog teve acesso a um documento onde a prefeitura agiliza o processo de licitação para a compra de urnas funerárias a pedido da secretária municipal de Assistência Social, Elizabeth Melo, encaixada na pasta graças ao vice-prefeito, Zé Alfredo. 

No pregão presencial 03/2017 o menor preço prevalece, e foi ai onde o município entrou abaixadinho, adquirindo R$ 1.109.084,85 - isso mesmo - Hum milhão, cento e nove mil, oitenta e quatro reais mais 85 centavos de real.

No documento, não é possível identificar qual a funerária vencedora do certame, mas é visivel que o prefeito Kil de Freitas investe pesado na compra de caixão para atender a grande demanda que existe no município. Dificilmente se ver alguém na cidade agradecendo ao governo municipal a doação de uma urna funerária acima de valores de R$ 500 reais ou cinco vezes mais que isso.

Se você espera por uma União dos Palmares diferente  sob o comando do prefeito Kil de F|reitas, melhor mesmo é puxar uma cadeira, ou se preferir esperar sentado por que de pé cansa.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
24/10/2017 às 07:44

Prefeito Kil de Freitas protagoniza vexame à Mãe Neide diante do presidente da Caixa; nas rapidinhas que está de volta

Calote
O fornecimento de produtos da agricultura familiar destinado para a merenda escolar em União dos Palmares está literalmente ameaçado. Produtores reclamam a venda de 46 sacas de macaxeira destinada para a merenda escolar da rede municipal de ensino, mas o prefeito Kil de Freitas, juntamente com a secretária-cunhada, Rimelque Shirley, não conseguiram efetuar o pagamento tem dois meses e meio. Esses produtores que sustentam suas famílias da venda desses produtos à Prefeitura de União dos palmares começa a passar por dificuldades.

Uma fonte revelou que Kil de Freitas fica "venha hoje", "passe daqui a 15 dias" e não faz o pagamento aos produtores rurais, que começam a sentir, na pele, a gestão de Kil de Freitas, quando o assunto é pagamento. O suposto calote pode esbarrar na mesa da promotora de Justiça, Adilza, recém chegada para atuar na 2ª Vara de União dos Palmares.

Vexame, Yorubá
O prefeito Kil de Freitas protagonizou à mãe de santo e proprietária do restaurante temático Baobá, localizado no sopé da Serra da Barriga, Neide Maria Martins, o maior vexame já visto no camdoblé alagoano. Fazendo-se de amigo do presidente nacional da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, indicação do senador Biu de Lyra, do PP, que é rival até a quinta geração do senador Renan Calheiros, padrinho político do Kil, o prefeito de União dos Palmares pegou mãe Neide Oyá D'Oxum pelo braço e levou até a presença de Ochhi, para levantar um patrocínio da Caixa para o 20 de novembro deste ano.

Uma fonte do blog disse que o entusiasmo de Mãe Neide pelo feito de Kil só fez aumentar o prestígio do prefeito no mundo Yorubá. Frente a frente, Gilberto Ochhi passou a folhear o projeto de Mãe Neide, página à página e depois sentenciou:

"Um projeto fraco, mãe"! disse o presidente da Caixa. "Nem um power point", queixou-se Gilberto Ochhi aos presentes para desespero de Mãe Neide, que foi pega de surpresa.

Rubro, Kil de Freitas desconversou na hora e para tapiar a babalorixá do vexame provocado, o prefeito de União dos Palmares prometeu voltar depois, mas foi desaconselhado pelo presidente nacional da Caixa Econômica Federal, que ainda fez um pedido:

"Prefeito, ela não vai fazer uma macumba pra mim, não, né? Reagiu Ochhi, em tom espirituoso, para um não amarelado de Kil de Freitas e a mais pura decepção para Mãe Neide, que passou, talvez, o maior vexame da face da terra na busca por patrocínio para os festejos afrodescendentes do 20 de novembro.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 3028-7338 (Redação)

© 2017 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.