OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 17 de outubro de 2017

Colunistas

Ivan Nunes Ivan Nunes
É jornalista profissional. Há mais de 20 anos escreve sobre os bastidores da política na Zona da Mata alagoana.
08/09/2017 às 17:01

Biu de Lira visita hospital São Vicente e promete mudar grau de penúria imposto pela prefeitura

O mais influente senador alagoano no ministério da saúde no governo do presidente Michel Temer, foi recebido pela direção do hospital São Vicente de Paulo com o propósito de inibir dois inimigos que juntos passaram a tirar o sono dos vicentinos nos últimos meses. O senador, Biu de Lira, desembarcou pontualmente as 9h da manhã na porta de acesso da direção da casa conforme agendamento com a cúpula de Vicentinos que trancados num gabinete falaram da atual situação do hospital, de sua relação tumultuada com a prefeitura de União dos Palmares, do projeto de ampliação em sua estrutura física que faria o governador Renan Filho e dos vários sonhos que os vicentinos alimentaram com o aval do principal desafeto político do convidado do hospital São Vicente de Paulo, naquela manhã de sábado. 

O senador Biu de Lira levou para esse encontro com  o objetivo de passar de vez um pente fino nos problemas do hospital, um assessor em Saúde do Ministério, Sérgio Costa e o secretário de Vigilância em Saúde, Adeilson Cavalcante. Quem puxou o fio do novelo que envolvem de problemas o mais antigo hospital da Zona da Mata alagoana, foi a presidente da Obra, Bárbara Heliodoro, diante de um grupo de confrades atentos a exposição de problemas narrados pela consócia que neste momento estão unidos entre si pelo espirito de pobreza e de partilha.

Passava das 11h quando a convite da presidente do HSVP, o senador Biu de Lira passou a conhecer a série de enfermarias do hospital, grande parte delas com infiltração no teto, mofo nas paredes e janelas sem vidros. Ora com a mão no queixo e em outros momentos querendo saber mais sobre a situação administrativa do hospital, o senador Biu de Lira passou pela área cirúrgica e no longo corredor do São Vicente chegou até as duas enfermarias bem ocupadas por parturientes com seus bebês recém chegados ao mundo.

A avó de Isac, bebê de dois dias, não se incomodou com a presença do político no momento em que ela embalava o neto ao lado da filha e do pai Marcelo que continuavam eufóricos com a chegada do rebento. Até posaram para a lente do blog e gravaram imagens num celular do funcionário Marcos Lobo. 

Na capela do hospital, o senador Biu de Lira fez o sinal da cruz, gesto que foi acompanhado pelos vicentinos, convidados e assessores do político que já estavam sabendo com riqueza de detalhes sobre a postura do cabo eleitoral do governador Renan Filho, o prefeito Areski Freitas. De acordo com Biu de Lira, "essa postura adotada pelo prefeito e pelo governo do estado não é correta. Não se pode agir de forma que a população venha ser frontalmente prejudicada como está acontecendo agora", levantou a discussão o senador.

O que chamou a atenção da imprensa foi a ausência de políticos nativos a visita do senador. O ex-governador Manoel Gomes de Barros, eleitor número um de Biu de Lira em 2016 anunciou uma viagem a Aracajú-SE mas enviou no seu lugar o advogado Célio Duarte que fez as honras da casa. Na demanda de solicitações feitas pelos vicentinos ao visitante ilustre, todas foram atendidas. Passaram para o campo burocrático, já que o hospital seguirá um passo a passo no envio de documentos necessários para a chegada dos primeiros benefícios via Ministério da Saúde já que o senador Biu de Lira é do mesmo partido do Ministro Ricardo Barros, o que supostamente facilitará novos dias para o hospital que sempre foi eleito por maus políticos como inimigo mortal, a exemplo do prefeito Kil de Freitas que rompeu convênios celebrados por gestores antigos, do tipo da idade da pedra para ajudar a população que faz do HSVP a sua porta de entrada em busca de atendimento médico-hospitalar.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
07/09/2017 às 07:06

Desfile de Sete de setembro em São José da Laje terá inaugurações e parada militar

A comemoração dos 195 anos da Independência do Brasil acontece com o tradicional Desfile Cívico e Militar de Sete de Setembro, na avenida Arlinada Veras, no centro de São José da Laje, nesta quinta-feira. O evento contará com a presença do prefeito, Rodrigo Valença, do vice-prefeito, Jérciton Júnior, secretários municipais e convidados.

Uma arquibancada será montada para acomodar as pessoas como acontece todos os anos. Segundo o prefeito Rodrigo Valença, uma série de inaugurações ocorrerão a partir das 14h, antecedendo o espetáculo que será o desfile escolar com a participação de alunos da rede municipal e bandas convidadas para a celebração do 7 de setembro.

No convite distribuído com as autoridades eclesiásticas e a população lajense, a partir das 14h será inaugurada a praça José Vicente de Lima, bem como a Academia Pública de Saúde, anexo II além de uma unidade Creche escola professora Telma Lopes.

Às 15h o Desfile Cívico terá início na avenida Arlinda Veras, tendo como tema central os 200 anos de história de Alagoas. De acordo com o prefeito Rodrigo Valença, "as datas cívicas sempre foram lembradas na minha gestão como forma de contribuição a formação da cidadania para os lajenses. É de muito bom proveito o aluno da rede municipal de ensino ficar sabendo das datas comemorativas de São José da Laje e do país, a exemplo do sete de setembro que é uma data nacional e da festa de emancipação política da cidade, no dia 29 de julho", enfatizou o prefeito Rodrigo Valença. 

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
03/09/2017 às 15:28

Alagoas deve moer apenas 15 milhões de toneladas de cana-de-açúcar

Após um período de entressafra de quase cinco meses, o setor sucroenergético alagoano se preparara para iniciar a partir desta semana um novo ciclo da cana. Apesar do aumento dos índices pluviométricos terem renovado as esperanças de fornecedores e industriais, a previsão para a safra 17/18 é de apenas 15 milhões de toneladas de cana beneficiadas.

No ciclo 16/17, encerrado em abril passado, a moagem foi finalizada com apenas 16,1 milhões de toneladas de cana processadas. A segunda menor desde a safra 81/82, quando o levantamento começou a ser oficialmente contabilizado.

Na história recente da agroindústria da cana em Alagoas, quando o setor sucroalcooleiro passou por um período de expansão em função do Proálcool, só a safra 93/94 registrou números inferiores, com uma produção de 15,8 milhões de toneladas de cana esmagadas. A exemplo do que ocorreu no ciclo passado, a quebra de safra foi provocada pela seca que castigou a região canavieira do Estado.

O que se esperava é que a volta das chuvas, a partir de maio deste ano, ao menos estabilizasse a produção na casa dos 16 milhões de toneladas. As águas chegaram com atraso, especialmente para os fornecedores de cana, que registram fortes perdas de socaria.

O resultado, segundo o presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Alagoas (Sindaçúcar-AL), Pedro Robério Nogueira, é que o setor sucroenergético do Estado se prepara para iniciar uma das menor safras da sua história.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
01/09/2017 às 12:53

Senador Benedito de Lira visitará hospital de União no sábado a convite dos Vicentinos

A assessoria do senador Benedito de Lira confirmou que ele visitará neste sábado dia 2, o hospital São Vicente de Paulo a partir das 9h da manhã. Quem não estará acompanhando o senador nesse encontro com os Vicentinos, será o ex-governador Manoel Gomes de Barros que pelo telefone disse ao blog que estará em viagem para Aracaju-SE nesse dia e que sua casa ficará fechada.

O comentarista político do blog, Justino de Oliveira, revelou "que a viagem de Mano para a Aracaju é caô. Ele está alinhado políticamente com os Calheiros e diante dessa realidade não fica bem fazer sala para o senador Biu de Lira. Na campanha, Manoel Gomes de Barros agendou subir no carro aberto do então candidato a governador Renan Filho, mas Mano viu a comitiva de Biu de Lira passar na sua porta indo em direção ao município de Santana do Mundaú foi então que ele resolveu acompanhar Biu de Lira e deixar Renanzinho na mão.

Isso rendeu ao político que sucedeu Divaldo Suruagy(in memoriam) no comando do Governo de Alagoas uma rixa política com os Calheiros dissipada por esses dias graças a um telefone de Renan pai para o pecuarista Manoel Gomes de Barros.

A visita do senador Benedito de Lira se reveste de um sentimento que carrega no peito a imensa maioria da população de União dos Palmares que é a de ajudar o hospital, que sendo alvo da política de perseguição do cabo eleitoral do governador Renan Calheiros na cidade, o prefeito Areski Freitas, que rompeu convênios com o HSVP desde os mais simples até os de alta complexidade. 

Kil tirou até o direito do hospital de utilizar ambulância do município para levar pacientes que dão entrada nas unidades de urgência e emergência do hospital para o HGE. 

O senador Benedito de Lira é do mesmo partido do Ministro da Saúde do presidente Michel Temer e, certamente, se espera muito dele uma mãozinha do senador alagoano com garantias de dias melhores para União dos Palmares e em especial para a diretoria do HSVP já a partir deste sábado. A conferir.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
30/08/2017 às 20:05

Ministério Público Estadual entra na disputa da eleição sindical de União dos Palmares

O clima da eleição para a presidência do sindicato dos trabalhadores da prefeitura municipal de União dos Palmares ainda é calmo, mas pode esquentar com a aproximação do dia e supostamente com a participação de políticos locais no pleito. Para evitar esse tipo de situação, a diretoria do sindicato informou ao blog que enviou ao Ministério Público de Alagoas pedido para que o promotor de Justiça, Carlos Davi participe da eleição que ocorrerá no dia 5 de setembro das 8h da manhã às 17h na sede do sindicato.

O blog quis saber do presidente-candidato, Olivânio Tita, o que motivou esse pedido do MPE no dia da eleição e na bucha ele disse que "a presença do promotor de Justiça Carlos Davi evita comentários maldosos contra as pessoas que estão envolvidas na organização da eleição, haja vista que a oposição criou o hábito de falar que o sindicato age e atua por debaixo dos panos e isso é uma resposta a essas pessoas. Nós não fazemos nada  às escondidas, por debaixo do pano, na calada da noite, o que não é verdade", justificou Tita.

Para Joacy Muniz Gama que faz parte da Chapa 1, "a participação de dr Carlos Davi tem o intuito de preservar a participação democrática das chapas nessaa eleição. Ele vai fiscalizar essa eleições, para que não haja qualquer problema, principalmente, para proteger o interesse dos trabalhadores da prefeitura. O Ministério Público, como fiscal da lei, tem o poder de monitorar as eleições", pontuou Joacy Muniz.

Disputam a presidência do SINTPMUP os candidatos Tita pela Chapa 1 e Mário Jorge Chapa 2.

Leia mais »
Postado por Ivan Nunes
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 3028-7338 (Redação)

© 2017 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.