OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de outubro de 2017

Colunistas

Jorge Luiz Bezerra Jorge Luiz Bezerra
É professor universitário, advogado, Mestre em Direito pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), delegado de Polícia Federal aposentado, especialista em Política Criminal, Segurança Pública e Privada, além de autor de diversos livros e artigos jurídicos.
02/10/2017 às 19:51

CLOUD-9, os perigos da nova droga sintética

Os tempos mudam, e não há dúvida de que as drogas estão mudando com eles. Há apenas alguns anos, as "drogas sintéticas" também chamadas “drogas de designer" estavam limitadas ao Ecstasy e a um punhado de psicodélicos. De acordo com a Avaliação Global de Drogas Sintéticas da ONU, surgiram em 2008, 80 medicamentos. Em 2014, esse número cresceu para 348. Esses medicamentos causaram grandes controvérsias. O "Ataque do Canibal de Miami" há alguns anos atrás foi relatado como envolvendo "sais de banho" (que acabou por ser falso). Em 2015, uma droga sintética chamada Cloud-9 foi associada às internações em Michigan de 6 adolescentes.

O que é Cloud-9?
Antes de falar do Cloud Nine propriamente dito, cabe algumas palavras sobre o que são as chamadas drogas de designer (designer drugs) que seriam as drogas planejadas, ou seja, são análogos estruturais as drogas naturais. Estas se acham entre as drogas de abuso mais utilizadas no Ocidente. Seus efeitos psicotrópicos positivos específicos são notadamente desinibidores.

Essas drogas têm como característica essencial o fato de terem sido modificadas em laboratório, com o intuito de potencializar ou criar efeitos psicoativos, além de burlar a legislação vigente. Além disto, a disponibilidade e a diminuição do custo tecnológico permitem que tais drogas sejam sintetizadas com facilidade em laboratórios clandestinos domésticos.

Há algumas drogas que atendem por este nome(Cloud Nine). É também a marca de uma forma de maconha sintética. No entanto, o Cloud-9 ("Ivory Wave") que tem feito manchetes é completamente diferente. É parte das drogas que foram conhecidas como "sais de banho"(Bath Salts)ou ainda pelos nomes:  Vanilla Sky, Cloud Nine, Blue Silk, Purple Sky, Bliss, Purple Wave, Red Dove, Zoom, Bloom, Ocean Snow, Lunar Wave, White Lightening, Scarface, Hurricane Charlie, Drone, Energy-1, Meow Meow, Sextasy, Ocean Burst, Pure Ivory, Snow Leopard, Stardust, White Night, White Rush, Charge Plus ou White Dove.

A maioria das drogas com aparência de sais de banho não são realmente sais de banho, sendo assim nomeadas porque se parecem com os sais de Epsom (cristais de magnésio e sulfato) que as pessoas usam para tomar uma imersão relaxante. Ironicamente, Ivory Wave é realmente vendido como sais de banho.

O Histórico do Cloud-9
Como a maioria das drogas sintéticas, o Cloud-9 é vendido para outros fins além de ficar “alto”. De uma maneira ou de outra, os usuários de drogas descobriram que poderiam “ficar altos”, e agora sabemos o porquê: testes químicos revelaram que contém a substância metilenodioxipirovalerona (MDPV), embora não esteja listado nos ingredientes. Em que pese, o fato de outros estimulantes possam estar presentes, como mefedrona e pirovalerona. O MDPV é da classe de fenetilamina e é estruturalmente semelhante à catinona, um alcalóide encontrado na planta de khat e metanfetamina. A mephedrona tem um alto potencial de overdose.

Quais são os efeitos do Cloud-9 / MDPV?
Funciona de forma semelhante a MDMA (Ecstasy)ou seja tem propriedades alucinógenas e estimulantes. Os efeitos desejados incluem: alerta; euforia; aumento da concentração; aumento de energia; excitação sexual e sociabilidade.

Entre os efeitos adversos incluem: ansiedade;  dores no peito; instabilidade emocional; dores de cabeça; problemas cardíacos; insônia; paranóia e  alucinações psicóticas.

Os derivados de catinona (catinona, metacinona) estão listadas como estimulantes do cronograma I da DEA( Agência norte-americana de combate as drogas). Estudos em animais demonstraram níveis elevados de dopamina extracelular 60 minutos após a administração de MDVP.

Os usuários de Cloud-9, a exemplo dos demais psicotrópicos são usados da seguinte forma: geralmente resfriam o fármaco por via intranasal, mas também podem ser injetados, fumados, ingeridos oralmente ou usados por via oral. Os efeitos podem ocorrer com doses tão baixas como 3 a 5 miligramas, mas as doses médias variam de 5 a 20 miligramas

Além dos perigos físicos e mentais, o Cloud-9, também provoca uma forte dependência psíquica. Cloud-9 é relatado como sendo mais forte que a cocaína. Com tudo isso em mente, não há como negar o perigo que esta nova droga representa.

Por esta razão, além das diversas internações hospitalares em condados (Wayne etc) a sudoeste do Michigan, as autoridades administrativas norte-americanas  emitiram ordens de emergência que proíbem que os varejistas e os indivíduos vendam Cloud-9 e drogas sintéticas similares. 

No Brasil, a 1ª apreensão do Cloud Nine, ocorreu em 04/07/ 2016, em Fortaleza/CE, oportunidade que a Polícia Civil, prendeu e apreendeu traficantes, ainda no aeroporto internacional da cidade, com cerca de 90g da droga produzida em laboratórios clandestinos na China.
Cumpre a todos chefes de família observarem se seus filhos, parentes e aderentes não aparecem, de repente, guardando entre seus pertences insuspeitos saquinhos com sais de banho. É aí, que pode morar o perigo!

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 3028-7338 (Redação)

© 2017 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.