OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 11 de dezembro de 2017

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) é editor-geral do AL1.
04/12/2017 às 13:57

Sindicato recua e suspende greve no Detran

A decisão de paralisar os serviços, e ainda fechar todos os acessos às dependências do Detran, não pode ser considerada como um protesto legítimo. Da mesma forma, os direitos da categoria precisam ser resguardados.

O Detran Alagoas é um ponto fora da curva no serviço público do Estado e das autarquias similares, em boa parte do país. Certamente o sindicato lembra que, até um passado não muito distante, aquele mesmo Detran era uma fábrica de produzir dinheiro para campanhas políticas, propinoduto e enriquecimento ilícito de dezenas de diretores.

O recuo do sindicato dos servidores, garantindo a normalidade dos serviços a partir desta terça-feira, não só põe a pauta na mesa, como garante a normalidade dos serviços à população.

É importante que o sindicato apresente o caminho da viabilidade para tais pleitos. Também faz-se necessário que o Estado seja claro no que pode ser atendido.

Sinal Verde
Alagoas segue na contramão da crise econômica, que tem penalizado a população de muitos estados e sufocado servidores públicos, a exemplo do rico e mal administrado Rio de Janeiro, que vai para 2018 com salários parcelados e sem pagar o 13º, de 2016.

Que sindicato e governo se entendam. Caso não haja definição imediata, que os usuários não sejam penalizados por conta do equívoco da ou das partes.

Pauta de reivindicações
O sindicato cobra a realização de concurso público, alegando que há carência de pelo menos 210 servidores.  O último concurso aconteceu em 2001. Faz sentido e o Governo precisa deixar clara a resposta à categoria.

Também cobra revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Salários. Este ponto é controverso, já que o Detran tem o melhor salário do serviço público estadual, além de garantias que nenhum outro órgão da administração tem. O pleito é justo, mas não ao ponto de fechar portões.

O sindicato também reivindica o retorno da autonomia administrativa e financeira do Detran. Neste quesito, sindicato e Governo também precisam se afinar. 

Vamos torcer pelo bom senso – de ambas as partes.

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 3028-7338 (Redação)

© 2017 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.