OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 19 de setembro de 2018

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
22/02/2018 às 21:19

Pilar aguarda o primeiro prefeito interessado em mudar a vida de sua gente

Senhoras e senhores prefeitos, este verde aí é coentro, mas representa muito mais que esperança, é sinônimo de dignidade para famílias excluídas Senhoras e senhores prefeitos, este verde aí é coentro, mas representa muito mais que esperança, é sinônimo de dignidade para famílias excluídas

Imagine um lugar onde a Prefeitura deu a terra para 250 famílias começarem uma nova vida, com trabalho e dignidade. Como por lá o desemprego é assustador, situação peculiar nos 102 municípios de Alagoas, o prefeito determinou que a Secretaria de Assistência Social identificasse quais eram as pessoas oriundas do campo, com aptidão e determinação para trabalhar.

Com a terra garantida e as famílias identificadas, a Prefeitura providenciou a compra de sementes, também mantém a irrigação, a energia elétrica e o mais importante: garante a compra de toda safra, nos 12 meses do ano.

Parece pegadinha, mas é uma ideia simples e inovadora, que pode mudar o perfil social e econômico de lugares onde o Bolsa Família é a única fonte de receita para milhares de pessoas humildes.

Mudança de vida
O lugar em questão, onde 250 famílias já estão colhendo as primeiras safras de legumes e hortaliças é o Pilar.  Conforme combinado, a Secretaria do Meio Ambiente está orientando o processo de comercialização. Parte da produção vai para a merenda nas escolas da rede municipal, outra para o programa Prato Cheio, que atende a comunidade carente e o restante para abastecer o comércio local.

É dinheiro novo movimentando a economia e gerando oportunidade de trabalho para 750 pessoas. A boa notícia, já garantida pelo prefeito Renato Rezende, é que a área de 2 mil metros quadrados será duplicada, para atender mais pilarenses ainda sem oportunidade de trabalho.

Reconhecimento do Estado
Os resultados do programa Plantando o Futuro entusiasmaram o governador, que solicitou um relatório apurado da Secretaria de Agricultura e teve a confirmação da eficácia. Renan Filho já confirmou ao prefeito a construção de três poços artesianos, a liberação de um veículo para a assistência técnica e um trator para agilizar no trabalho com a terra.

Ponto positivo
A ótima notícia é que o modelo é simples e pode ser implantado em qualquer município. Ficará ainda mais fácil com o suporte técnico do Estado.

Ponto negativo
A péssima notícia é que nenhum prefeito (a) se interessou, pelo menos até agora, em conhecer algo simples e extremamente viável para a mudança de vida de famílias em situação de vulnerabilidade.

Serviço:
O quê
: Programa Plantando o Futuro
Onde: Pilar
Quem beneficia: Famílias de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade
O que oferece: DIGNIDADE e terra, semente, irrigação, energia, assistência técnica e compra de toda safra, durante os 12 meses do ano
Contato: os prefeitos sabem muito bem onde fica o Pilar.  

Dica: Quem não tem ideia, copia o que funciona. Vergonha mesmo é prometer o mundo e deixar o povo com a barriga vazia.

LEIA TAMBÉM

Com a barriga cheia, 250 famílias do Pilar plantam o futuro para colher dignidade 

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.