OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 14 de dezembro de 2018

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
09/08/2018 às 11:27

Pouco mais da metade do eleitorado de Alagoas ainda está fora da eleição

É Basile ChristopoulosNÃO!!!
É Josan LeiteNÃO!!!
É Fernando Collor? NÃO!!!
É Renan FilhoNÃO!!!

Números confiáveis de uma tracking que tive acesso no início da manhã desta quinta-feira, confirmam uma tese que vem sendo levantada, há algum tempo, pelos políticos e confirmada nas pesquisas extraoficiais que foram às ruas antes do anúncio das quatro candidaturas governo.

Tracking: significa rastreamento. A pesquisa de Tracking é utilizada na política para rastreamento de tendências, para evitar ondas ou fatos novos desfavoráveis ao cliente.

Cenário para as perguntas espontâneas.
Os números que vi apontam para um quadro atípico, porque cerca de 70% dos eleitores de Alagoas (sem Lula na disputa e 55% com ele) ainda não definiram o voto para presidente.

Ao Senado, que tem duas vagas em jogo, o percentual é feito em cima de 200%. Com isso,  segundo os números apontam, 50% têm dúvida para o primeiro voto e 140% ainda não sabem em quem creditar o segundo voto.

A disputa pelas 9 vagas na Câmara Federal tem favoritos, mas 70% dos eleitores dizem que não sabem em quem votar.

A maior indefinição de votos está para as 27 vagas da Assembleia Legislativa, que também deve eleger os favoritos (por motivos diversos e controversos). A estimativa das pesquisas internas e da tracking aponta para uma indefinição de 80% do eleitorado.

Palavra do especialista

Sobre o cenário do momento ouvi do cientista político Aellison Batista, da Vozes Pesquisa, o argumento sobre a indefinição no panorama eleitoral geral.

“No panorama geral há um elevado grau de desinteresse, somado aos problemas econômicos e de ordem moral, que estão tornando o eleitor indignado e apontando para uma perspectiva de votos brancos e nulos históricos. Passado o prazo das convenções, com ampla divulgação na imprensa, o eleitor já começa a se voltar para as eleições. Ainda é um olhar de quem está recebendo informações, passando a conferir a lista de candidatos a presidente e candidatos em seus respectivos estados. No caso específico de Alagoas, onde o ex-presidente Lula tem forte adesão, e com a entrada repentina do senador Fernando Collor, acredito que ainda vai demorar um tempo para que o eleitor possa fazer suas opções”, diz Aellison.

Moral da história
O já ganhou é coisa para quem não conhece política. Vale para todos.

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.