OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 13 de dezembro de 2018

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
11/10/2018 às 13:52

Alagoas precisa tirar proveito do atraso

Que a Nova Política seja mesmo nova, vigorosa e menos dependente das arrumações, tão maléficas para a boa gestão.

A Nova bancada federal de Alagoas, que terá um novo senador e cinco novos deputados, na verdade, não tem ninguém de novo na vida pública. Estão chegando quatro deputados estaduais, uma vereadora da capital e um suplente que exerceu boa parte do mandato.

Cada um com seu estilo e visão política, não há outra missão à nova turma que não seja garantir ao Estado de Alagoas o mesmo protagonismo político – só que do lado bom – em áreas estruturantes, com investimentos prioritários para a educação, saúde e políticas sociais.

Concreto e asfalto são necessários para viagens seguras e escoamento da produção, mas ainda somos uma vergonha nacional no Índice de Desenvolvimento Humano ( IDH)mortalidade infantil, alfabetizaçãoatenção básica na saúde, desemprego e políticas de inserção, com mão de obra qualificada.

Para quem não sabe, Alagoas tem o maior percentual, do Brasil, de crianças e adolescentes expostos à pobreza. 

Pensando longe
Pelo primeiro ato do governador Renan Filho fica claro que a campanha continuada permanecerá como estratégia. Trocar festa pelo capacete é um bom sinal para quem aposta num segundo mandato ainda mais proveitoso.

O adversário de Renan Filho, a partir de agora – já que o segundo governo já começou – é ele mesmo. Os números a serem comparados serão os seus. No primeiro ciclo valeu abrir caminhos com o Pró-estrada, a aposta no ajuste fiscal, nos investimentos na segurança pública e na educação em tempo integral.  

Com a casa arrumada, como o governado diz, é esperar não apenas a realização de concurso para oxigenar o serviço público. Alagoas precisa se desligar, a passos longos e rápidos, do atraso de sempre.

Povo educado tem opção de voto;
povo com saúde vive mais e melhor;
povo empregado come bem, dorme bem e tem sonhos.

Obras mudam, mas não transformam a vida do cidadão. Que o segundo governo de Renan Filho seja próspero PARA O POVO.

Que a NOVA POLÍTICA e os novos mandatários realmente transformem o atraso em frente de justiça e cidadania.

Amém!

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.