OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 19 de julho de 2019

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
11/07/2019 às 10:55

Só Tereza Nelma, do PSDB nacional, votou contra a reforma da Previdência. Aguarda cartas

O voto de Tereza Nelma, contrariando a posição do PSDB na reforma da Previdência, abre mais uma porta para a saída dela do ninho tucano. Antes mesmo da votação ela comunicou seu posicionamento e recebeu como resposta que sofrerá as sanções previstas no estatuto do partido.

Como única rebelde da bancada tucana a votar contra a reforma Tereza, de um jeito ou de outro, não terá clima no partido. Aliás, faz tempo que não tem.

Ainda que o senador Rodrigo Cunha, presidente estadual do PSDB, tente amenizar a situação, dificilmente Tereza terá vida longa no ninho tucano.

MDB
Tido como o partido mais dividido do Brasil, o MDB votou 100% pela aprovação da reforma. Em Alagoas, por exemplo, o senador Renan e o vice-governador Luciano Barbosa se posicionaram contra. Já Renan Filho, pensando na governabilidade, dizia ser favorável.

PSB
A grande pipocada foi de JHC, que avisou ser favorável e votou contra, temendo ser expulso. Dos 32 deputados, 11 (34%) confirmaram a palavra, foram rebeldes e votaram pela aprovação. Pegou mal (no item confiança) para o jovem deputado.  

VEJA COMO VOTARAM AS BANCADAS


Comentários

crea-06e07
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2019 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.