OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de agosto de 2018

Colunistas | Arquivo: Abril / 2018

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
27/04/2018 às 14:26

Contra o golpe: Alagoas precisa de um debate pré-eleitoral

Se tem uma coisa que o político não está habituado é prestar contas do mandato. Há exceções, porque tudo tem exceção.

Leia mais »
Postado por Wadson Regis
26/04/2018 às 11:43

Quanto custa a ousadia de Rodrigo Cunha e Bruno Toledo?

A Assembleia Legislativa de Alagoas é um dos parlamentos mais desmoralizados do país. Sem juízo de valor ou pré-julgamento, a base da citação está na série de escândalos, com indiciamentos e condenações de dezenas de parlamentares, desde sempre.

Leia mais »
Postado por Wadson Regis
24/04/2018 às 17:27

Meme do momento, Eixo Quartel vira realidade dia 5 de maio

Tem onda em 3D, paródia do Posto Ipiranga, Labirinto e até assinatura de menino amarelo para mostrar os 10km do percurso da nova via urbana de Maceió, o já famoso Eixo Quartel.

Leia mais »
Postado por Wadson Regis
23/04/2018 às 08:55

Com menos policiais nas ruas, matança mantém a média em AL

16 é o número da morte, no comparativo com os dois últimos finais de semana, com e sem operação padrão da Polícia MilitarCom um detalhe: no domingo, 15 de abril, com o efetivo policial nas ruas, foram contabilizados 10 assassinatos. No último domingo, com o policiamento reduzido, na chamada operação padrão, foram apenas 5. Se fôssemos comparar estatisticamente, a manchete seria: Domingo com menos policiais nas ruas reduz em 50% o número de homicídios em Alagoas.  

Leia mais »
Postado por Wadson Regis
20/04/2018 às 09:30

Alagoas em estado de atenção e onde está o povo?

A semana em Maceió começou com a Praça Sinimbu servindo, mais uma vez, de assentamento provisório dos movimentos agrários. Para lembrar os 22 anos do massacre em Eldorado dos Carajás, com final trágico e 19 trabalhadores rurais mortos durante confronto com a Polícia Militar, no Sudeste do Pará, centenas de trabalhadores rurais invadiram e ocuparam a sede da Secretaria da Fazenda. Aproveitaram o ato e cobraram do Estado agilidade na desapropriação de terras da massa falida do grupo João Lyra.

Leia mais »
Postado por Wadson Regis
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.