OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 23 de setembro de 2018

Agronegócios

07/06/2018 às 16:07

Produtores da CPLA são beneficiados com distribuição de sementes de milho, sorgo e feijão

Os pequenos produtores de leite da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) receberam mais um incentivo para engrossar a produção no campo. Nesta quinta-feira, 7,  a cooperativa recebeu 15,3 quilos de  sementes, entre variedades de milho, feijão e sorgo para plantio. A entrega faz parte do Programa de Distribuição de Sementes do governo de Alagoas aos agricultores familiares inseridos no Programa do Leite.

No total, serão distribuídos entre as associações de produtores 4.800 quilos de milho, 6.000 quilos de feijão e  4.500  quilos de sorgo.  A distribuição entre as associações será realizada a partir dessa sexta-feira,8, de acordo  com a  quantidade de produtores  por associação.  A direção da cooperativa confirmou que todos os seus produtores serão beneficiados.

Segundo o diretor técnico da cooperativa, Gustavo Ramos, a doação de semente tem gerado impacto positivo na organização dos produtores quanto a formação de insumos para o período do verão.  “Nossa orientação é que o produtor aproveite o tempo de chuva para iniciar o preparo da silagem. O foco desse processo é a nutrição animal e o reforço da ração. Assim o produtor já se resguarda da escassez típica  para o período de estiagem”, explicou Ramos.

Um insumo estocado em forma de silagem pode permanecer armazenado por até dois anos, a depender de seus ingredientes.   Os principais componentes utilizados pelo pequeno produto são o milho e o sorgo triturados e compactado. As sementes de feijão, em sua maioria, são aproveitadas na cultura subsistências da agricultura familiar.

A doação de sementes, por meio do Programa executado governo de Alagoas, assumiu papel fundamental para manutenção da vida produtiva entre os agricultores da CPLA, conforme avaliação do presidente da CPLA, Aldemar Monteiro.   “A alimentação e o bem estar animal são assuntos de constante preocupação. Sabendo que podemos contar com a ferramenta da semente isso nos tranquiliza em saber que temos acesso a esse recurso, que nos oferece a alimentação correta e ainda diversifica nossa atividade”, disse.

Fonte: BCCom Comunicação


Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.