OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 19 de outubro de 2018

Direitos Humanos

25/09/2018 às 18:24

Programa Cidadania e Justiça na Escola finaliza etapa 2018 do projeto ‘Adote um idoso’

Juiz Anderson Passos, coordenador de Projetos Especiais da Esmal. Foto: Rebecca Bastos Juiz Anderson Passos, coordenador de Projetos Especiais da Esmal. Foto: Rebecca Bastos

Rebecca Bastos

O Programa Cidadania e Justiça na Escola (PCJE) promoveu mais um encontro, na tarde desta segunda-feira (24), entre estudantes da rede pública de ensino e os idosos que moram no abrigo São Vicente de Paulo. A ação marcou o encerramento da etapa 2018 do projeto ‘Adote um idoso’, realizado pela Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal) em parceria com o Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler).

Para a última visita do ano, os alunos do 9º ano do Ensino Médio da Escola Municipal Antídio Vieira e da Escola Estadual Mota Trigueiros preparam apresentações musicais. “Eu treinei especialmente para me apresentar hoje e fiquei muito feliz, foi emocionante. Essa visita é muito especial porque a gente conversa e dá atenção para os idosos”, afirmou Nicolas Iago, de 13 anos.

Convidado especial, o maestro José Cícero Tenório, da Escola Estadual de Cegos Cyro Accioly, mostrou o seu vasto repertório e animou o dia dos visitantes e dos anfitriões. “Todos os dias nós perguntamos pelo pessoal da escola, ficamos na expectativa de receber a visita deles. Tem 16 anos que eu moro aqui e nunca tivemos momentos tão bons como este. Sempre oramos para Deus proteger todo mundo que vem aqui conversar com a gente”, contou o senhor Horácio Andrade, de 88 anos, emocionado com a tarde de muita alegria.

“É bem legal conhecer os idosos e as histórias de vida deles. Eles sentem falta de alguém para conversar, querem interagir, e nós os ajudamos com uma atitude muito simples”, disse a estudante Ana Beatriz Lima de Carvalho, de 16 anos.

Horácio Andrade, de 88 anos, e Ana Beatriz Lima de Carvalho, de 16

De acordo com o juiz Anderson Passos, coordenador de Projetos Especiais da Esmal, a iniciativa é uma forma de promover a interação entre gerações e também incentivar a leitura e a escrita. “Este contato é muito importante para a formação cidadã dos alunos porque eles passam a compreender como é a realidade dos idosos que vivem aqui. Além disso, também esperamos que eles desenvolvam os diversos tipos literários aos produzir e ler cartas. Através deste projeto, trabalhamos com questões da educação formal e com o conteúdo voltado para a responsabilidade social”, explicou.

Morando no abrigo desde 2017, o senhor Elias Pereira da Silva, de 65 anos, recebeu a visita de duas representantes de sua madrinha, a servidora da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Márcia Machado, que não pôde comparecer. “Para não deixar de honrar com o compromisso, ela pediu para que nós viéssemos conhecer ele e entregar os presentes. Eu fiquei muito realizada ao ver a alegria dele e tantos jovens participando desta ação”, contou Estela Rejane Lino de Brito.

“De uma forma inesperada, consegui realizar o desejo de contribuir. Levar o amor faz bem para quem doa e para quem recebe, sem dúvida”, disse Rosa Maria da Silva sobre a reação do senhor Elias ao receber um rádio, presente tão desejado para não perder nenhum jogo de futebol.

Elias Pereira da Silva, de 65 anos, ganhou uma rádio de sua madrinha. Assim ele não perderá mais nenhum jogo de futebol


Esmal TJ/AL

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.