OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de junho de 2019

Justiça

20/05/2019 às 16:21

Presidente do TJAL entrega veículo adaptado para projeto Cejusc Itinerante

Presidente Tutmés Airan entregou as chaves do veículo ao juiz André Gêda, coordenador da Justiça Itinerante. Foto: Caio Loureiro Presidente Tutmés Airan entregou as chaves do veículo ao juiz André Gêda, coordenador da Justiça Itinerante. Foto: Caio Loureiro

Thaynara Monteiro

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), desembargador Tutmés Airan, entregou na manhã desta segunda-feira (20) uma van adaptada para o projeto Cejusc Itinerante. O veículo será utilizado para mediar e conciliar conflitos pela comunidade, antes que eles virem processos.

O Cejusc Itinerante funcionará como uma parceria entre o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) e a Justiça Itinerante. Um dos objetivos, segundo o juiz José Miranda, coordenador-geral do Nupemec, é dar celeridade à resolução das demandas.

“A van irá para um local, a população será avisada com antecedência, e nesse local tentaremos resolver mais rápido questões de pessoas que teriam que se deslocar para outros lugares, e que levaria mais tempo para ter seu problema resolvido”, explicou o magistrado. A van recebeu toda a estrutura necessária, com uma impressora, cadeiras, mesa e frigobar. Os notebooks da Justiça Itinerante serão utilizados durante o trabalho. A previsão é que as visitas comecem em julho.

O trabalho será realizado com escalas de visitação nos bairros. No veículo, mediadores e juízes tentarão solucionar o conflito na fase pré-processual.

Para o desembargador Tutmés Airan, a ideia de fazer mediação comunitária aproximará o Judiciário da população e contribuirá para o desafogamento de processos. “A gente resolve o conflito no seu nascedouro, para evitar que o conflito se torne um processo, e para evitar que o processo se some a outros processos”, disse.

Durante o lançamento, o juiz André Gêda, coordenador da Justiça Itinerante, elogiou a parceria com o Nupemec e a Presidência. “Estamos conjugando esforços para levar, como o próprio nome diz, a Justiça volante. Agora não dependemos de espaço físico, temos como deslocar o veículo para resolver justamente o que a população precisa a título de serviços do Judiciário”.




Dicom TJAL


Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2019 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.