OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de outubro de 2017

Meio Ambiente

06/10/2017 às 16:30

Bienal recebe ações do Planta Maceió no final de semana

Doação de mudas do projeto Planta Maceió será realizada na Bienal durante o final de semana. Foto: Secom Maceió Doação de mudas do projeto Planta Maceió será realizada na Bienal durante o final de semana. Foto: Secom Maceió

Lucas Alcântara

O projeto Planta Maceió realiza, neste fim de semana, uma edição especial. Durante a 8ª Bienal do Livro de Alagoas, que acontece até o domingo (08) no Centro de Convenções, a ação da Prefeitura levará três mil mudas de árvores para doação aos visitantes, além de ações educativas e oficinas de brinquedos recicláveis para crianças. A realização ocorre por meio da parceria firmada entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds) e a Ufal, que nesta edição da Bienal reforçou as ações de responsabilidade ambiental no evento.

“Firmamos uma importante parceria com a Ufal, reforçando o apoio da Prefeitura de Maceió à realização da Bienal, e agora ampliaremos o nosso projeto com a doação de mudas aos visitantes deste grande evento. Será uma edição especial, com dois dias de ações educativas e com a entrega de árvores e plantas ornamentais para que a população nos ajude a ampliar o verde no local que vivemos”, explicou Gustavo Acioli Torres, titular da Semds.

Além da educação ambiental, outro pilar do Planta Maceió é a orientação em relação ao plantio adequado, segundo lembra o secretário. “Toda edição do projeto é acompanhada por agrônomos da Semds, que orientam sobre o tipo de árvore indicado para a capital, o porte adequado conforme o local do plantio e os cuidados necessários para que a árvore cresça saudável”, acrescentou o gestor.

card-planta-maceio-na-bienal

Edição do Planta Maceió integra ações da Ufal de responsabilidade socioambiental durante a Bienal. Ilustração

O visitante que receber a sua muda também levará um folheto informativo e deve fornecer dados básicos para que a Semds possa monitorar as regiões do plantio a partir do projeto e também acompanhar o crescimento das plantas. “O plantio é importante e deve ser feito com a ajuda dos maceioenses, mas precisa ser feito com a orientação profissional para evitar que, ao crescer, a planta tenha que ser suprimida por prejudicar redes hidráulica ou elétrica, por interferir na infraestrutura ou que tombe, causando prejuízos”, completou Gustavo Torres.

Responsabilidade socioambiental

A realização do projeto Planta Maceió na Bienal do Livro de Alagoas faz parte das ações promovidas pela Ufal para reduzir os impactos ecológicos causados pela estrutura e montagem da feira de livros, assim como pelo uso de energia e outros recursos naturais. Segundo a instituição, materiais recicláveis como plásticos, banners, papéis e vidros serão encaminhados à Cooperativa dos Recicladores de Maceió (Cooplum), responsável pelo recolhimento e tratamento desses resíduos.

“A doação de mudas aos visitantes do evento é uma forma de colaborar com o meio ambiente, de reduzir o impacto provocado durante os dez dias de realização. Estamos bastante satisfeitos com mais esta parceria, pois será um exemplo para Alagoas, para Maceió”, enfatizou a reitora Valéria Correia ao assinar o termo de parceria com o titular da Semds.





Fonte: Ascom Semds

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 3028-7338 (Redação)

© 2017 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.