OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 22 de setembro de 2018

Saúde

12/07/2018 às 18:00

Após fiscalização, Coren-AL se reúne com HU

Após a Operação da Força Nacional de Fiscalização do Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem (FNFIS), que aconteceu em junho em Alagoas, o Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) foi convidado pela responsável técnica do serviço do Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes (HU) para discutir a notificação de ilegalidade encontrada no local.

Nesta terça-feira (10), o coordenador de fiscalização, Weslley Feitoza, se reuniu com a Responsável Técnica do serviço de Enfermagem do HU, Silvana Oliveira, e os profissionais do setor para esclarecer dúvidas e encontrar soluções. Uma das situações mais preocupantes é que durante anos auxiliares de enfermagem estavam prestando assistência à pacientes graves na UTI geral, UTI Neo, Centro Obstétrico e Hemodiálise.

“Tem profissionais que atuavam ilegalmente por mais de 20 anos. Apesar de já terem adquirido experiência, a Lei do Exercício Profissional da Enfermagem não permite que o auxiliar cuide de pacientes graves”, afirmou Weslley. Ficou acordado que a responsável técnica pelo serviço de Enfermagem vai apresentar ao Coren-AL um cronograma de substituição gradativa desses profissionais.

As equipes de fiscalização do Coren-AL devem voltar aos 12 hospitais fiscalizados pela Força Nacional quando encerrar o prazo dado a cada instituição. “O último prazo acaba em dezembro. Estamos dando tempo suficiente para os hospitais se adequarem e fazerem as mudanças necessárias antes de acionar os órgãos competentes. O Coren-AL está aberto para dialogar e auxiliar no que for necessário”, afirmou o presidente do Conselho, Renné Costa.

Fonte: Ascom Coren/AL


Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.