OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 17 de julho de 2018

Segurança

10/01/2018 às 14:31

Ronda no Bairro realiza cronograma de visitas no Jacintinho

Além das abordagens de proximidade realizadas pelas patrulhas, o programa possui uma Central de Articulação de Abordagem Social composta por uma equipe multidisciplinar (psicóloga, assistente social e cientista social) Além das abordagens de proximidade realizadas pelas patrulhas, o programa possui uma Central de Articulação de Abordagem Social composta por uma equipe multidisciplinar (psicóloga, assistente social e cientista social)

Ana Daniella Leite

Criar vínculos com a comunidade dos territórios ocupados pelo Programa Ronda no Bairro é fator fundamental para a conquista de resultados positivos no quesito prevenção à violência. Além das abordagens de proximidade realizadas pelas patrulhas, o programa possui uma Central de Articulação de Abordagem Social composta por uma equipe multidisciplinar (psicóloga, assistente social e cientista social), responsável pelo reconhecimento e encaminhamento de pessoas em situação de vulnerabilidade social aos órgãos estaduais e municipais competentes.

Desde o último dia 4, quando o Ronda no Bairro foi lançado, a equipe já segue um cronograma de visitas a escolas, unidades de saúde e pontos comerciais pertencentes ao trecho compreendido entre a TV Ponta Verde até a Madeireira Malta, com entrada na feirinha e no mirante do bairro, perímetro de atuação no Jacintinho. 

Durante os encontros, a filosofia do programa é explicada e, em conjunto com esses atores, define-se a necessidade da criação de espaços para palestras, seminários ou mesmo intervenções pontuais para que a comunidade escolar, religiosa, comercial, entidades públicas e lideranças comunitárias participem ativamente do desenvolvimento e aperfeiçoamento do Ronda no Bairro.

A Central de Abordagem Social também é responsável por organizar, promover intervenções culturais em espaços de convivência mútua, criar parcerias para proporcionar atividades de lazer para a juventude carente local, bem como atuar como interlocutora junto às entidades: Rede Acolhe, Anjos da Paz, Centros de Referência Especializados em Assistência Social (Creas); Centros de Assistência Social (Cras) e Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD).

“Estamos visitando e escutando todas as sugestões e necessidades da comunidade e referenciando as pessoas que necessitam de algum dos serviços disponibilizados pela Rede de Atenção Psicossocial para realizar o devido encaminhamento. Além disso, estamos montando um diagnóstico sociocultural do território para mapear as diversas expressões artísticas e culturais dessa população”, pontuou Elis Lopes, cientista social da Central de Abordagem Social. 

A partir desta semana, a Praça do Mirante do Jacintinho, onde fica localizada a Casa de Direitos, já conta com uma programação cultural e que atende públicos de faixa etária variável, do infantil ao adulto.

Programação

Nesta quarta-feira, haverá palestra com tema referente à cidadania; na quinta, às 17h, ação dos Anjos da Paz e aula de hip hop, grafitagem e capoeira, já às 19h, aula de zumba; na sexta, às 17h, apresentação da Banda da Polícia Militar de Alagoas.

O Ronda no Bairro também precisa alcançar objetivos em seus demais eixos de atuação: segurança de proximidade; a abordagem social/comunitária e a articulação para a requalificação de espaços de convivência mútua degradados. 

Por isso, é considerado um programa de governo, com envolvimento Secretarias de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), da Segurança Pública (SSP) e da Assistência Social (Seades) e da Ressocialização e Inclusão Social (Seris).

“Por orientação do governador Renan Filho, o nosso foco é ocupar o território e criar vínculos com essa comunidade para que ela se sinta protegida e acolhida pelos policiais que irão diariamente realizar o patrulhamento e por toda a equipe do Ronda no Bairro. É uma nova forma de fazer segurança, queremos estar perto das pessoas”, concluiu o coordenador do Ronda no Bairro, Maxwell Santos. 

Turnos 

Sessenta policiais militares da reserva e da ativa atuam na área comercial do Jacintinho, nos dois turnos de serviço diários: das 6h30 às 14h30 e das 14h30 às 22h30, de segunda a sábado; e aos domingos de 6h30 às 14h30. As patrulhas realizam rondas a pé, de moto e de bicicleta. E todas as abordagens realizadas pelas patrulhas devem ser filmadas e armazenadas num servidor do Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec).

O Decreto de N° 57.008, de 2 de janeiro de 2018, instituiu o Programa Ronda no Bairro e, os militares voluntários executarão suas funções em seu período de folga, concorrendo a oito serviços, em concordância com a Lei Estadual N° 7.952, de 12 de dezembro de 2017, referente ao Serviço Voluntário Remunerado (SVR) de 8 horas.

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.