OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 22 de setembro de 2018

Segurança

07/07/2018 às 10:41

Ronda no Bairro se instala no Centro de Maceió

Segurança de proximidade chega ao centro da capital alagoana - Fotos: Márcio Ferreira Segurança de proximidade chega ao centro da capital alagoana - Fotos: Márcio Ferreira

Severino Carvalho e Daniella Leite
Agência Alagoas

A tranquilidade chegou ao Centro de Maceió. O Governo do Estado lançou, na sexta-feira (6), o Ronda no Bairro. O programa inovador de Segurança Pública, já executado de forma bem sucedida nas áreas comerciais do Jacintinho e da Orla, agora desembarca numa das áreas mais movimentadas da capital alagoana.

“Num dia como hoje a gente percebe a necessidade de mais segurança para o Centro: muita gente trafega por aqui diariamente e a região precisava bastante de mais presença policial. O Ronda no Bairro vem hoje para isso: aproximar o trabalho da polícia dos lojistas, dos trabalhadores, dos que atuam no comércio informal, enfim, para garantir mais segurança a todos, ampliando decisivamente a quantidade de policiais no Comércio, do momento que abre até o seu fechamento”, disse o governador Renan Filho.

 Lançamento do Programa Ronda no Bairro, no Centro (Foto: Márcio Ferreira)

Ao lado dos secretários de Estado da Segurança Pública, Lima Júnior, e de Prevenção à Violência, Esvalda Bittencourt, o governador lançou o Ronda no Bairro no Centro da cidade. A solenidade reuniu comerciários, lojistas e clientes, que deram uma pausa nas compras para prestigiar o evento.  “O Ronda no Bairro traz mais segurança e a gente se sente bem mais tranquila. O policiamento aqui deixava a desejar, até porque a gente fecha um pouco mais tarde e ficava praticamente sem ninguém para nos proteger”, confessou a vendedora Dayana Santos da Costa, que trabalha há três anos numa loja instalada no Comércio de Maceió.

Os 60 agentes de proximidade voluntários e designados para atuar no novo território do Programa estão divididos em 10 patrulhas, das 6h30 às 22h30, nas modalidades a pé, de moto, bicicleta e de carro. Eles têm por missão cobrir a área de maior fluxo comercial, as principais avenidas, ruas, praças e mirantes da região. Realizarão, ainda, rondas em horários de pico nos pontos de transporte coletivo, dando suporte também às pessoas que desenvolvem atividades rotineiras no perímetro, como trabalhadores e alunos de instituições de ensino.

O presidente da Aliança Comercial, Guido Júnior, recordou que a instalação do Ronda no Bairro no Centro da cidade foi uma solicitação da instituição. “O Programa nos atende até acima da expectativa, porque de imediato a gente achou que seria só o Centro atendido, mas, no momento da apresentação, ficamos sabendo que o Ronda no Bairro vai atender também a área do entorno, da parte baixa do Farol, onde ficam as faculdades”, disse Guido Júnior. 

 Lançamento do Programa Ronda no Bairro, no Centro (Foto: Márcio Ferreira)

“Como o Comércio fecha antes do Ronda no Bairro parar, a gente vai deslocá-lo para outras áreas como, por exemplo, todo o entorno da Praça do Centenário e toda aquela área que tem movimentação noturna: faculdades, cursinhos e escolas estaduais, que terão a segurança fortalecida”, explicou o governador.

Cultura

O Programa vai além. Dentre suas diretrizes está a premissa de devolver à população espaços públicos com atividades culturais, esportivas e artísticas. A equipe de Articulação e Mobilização Social do Programa já prepara um calendário de apresentações semanais de grupos folclóricos, aulas de zumba e ginástica laboral em espaços públicos.

A ideia é que as pessoas possam voltar a frequentar as praças e mirantes do Centro da cidade com segurança e participem de atividades nobres e que valorizem a qualidade de vida da população, a história e a cultura de Alagoas. “Esse é o nosso objetivo maior ao assumir cada novo território: realizar um serviço de excelência e aprimorá-lo cada vez mais. O Ronda no Bairro está sendo extremamente bem aceito pela sociedade justamente porque suas ações são discutidas com lideranças comunitárias e as pessoas sentem-se parte de um projeto de construção coletiva”, afirma o superintendente do programa, coronel PM Cícero Silva, que destacou também a redução da incidência dos chamados crimes de rua nos territórios onde o serviço já é executado.

 Lançamento do Programa Ronda no Bairro, no Centro (Foto: Márcio Ferreira)

O secretário de Estado da Segurança Público considera que a instalação do Ronda no Bairro no Centro de Maceió é mais um grande passo na política de reestruturação operacional da Segurança Pública de Alagoas. “O Centro é contemplado com o Ronda no Bairro, cuja característica primordial é exatamente um policiamento com um volume maior, mas com muita proximidade com o cidadão e, sem dúvida alguma, vai trazer mais tranquilidade para aqueles que frequentam esta região: lojistas, comerciários, turistas, enfim, todos os alagoanos”, declarou Lima Júnior.

Em seu discurso, Renan Filho anunciou que, nos próximos dias, o Governo de Alagoas vai reinstalar no Centro de Maceió a Central Já de Atendimento ao Cidadão. Ele revelou ainda que o Estado vai reformar o prédio onde funcionava a antiga Secretaria de Educação, que passará a abrigar outra Pasta administrativa. A ideia é fortalecer o fluxo de pessoas na região, favorecendo a economia.  

Ele revelou, também, que a área central de Maceió integra o plano de desenvolvimento estratégico que está sendo construído pelo Governo do Estado para as próximas décadas. “O Centro de Maceió é o maior empregador de Alagoas. Nenhuma região com essa área em metros quadrados emprega tanta gente. Portanto, o Centro precisa exercer o seu protagonismo e cobrar das autoridades as melhorias. Nesse plano de ação temos que pensar como deve ser o Centro de Maceió do futuro: o que precisa ser aqui construído e melhorado; como deve ser a relação com as pessoas. Eu acredito muito no potencial do Centro de Maceió”, finalizou Renan Filho.

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.