OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de junho de 2019

Segurança

17/05/2019 às 08:08

Operação prende 31 pessoas suspeitas de crimes em Alagoas

A Polícia Civil de Alagoas, em ação integrada com a Polícia Militar, prendeu 31 pessoas em operação que ocorreu em todo o Estado. O trabalho que, foi iniciado na quarta-feira (15) e concluído na tarde da quinta-feira (16), teve o objetivo de combater e tirar de circulação suspeitos em diversos crimes, em especial crimes contra o patrimônio (roubo).

De acordo com o delegado-geral Paulo Cerqueira, a realização da operação foi uma orientação do secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior. “Com isso, esperamos reduzir os índices de roubos, e outros crimes, praticados no Estado e oferecer maior tranquilidade aos alagoanos”, completou.

Em Maceió, agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), comandados pela delegada Maria Angelita prenderam Alex Lins de Andrade e Marcos Antônio da Silva pela prática criminosa de receptação.

A dupla adquiria combustíveis provenientes de crimes e se utilizavam das dependências de um lava-jato, de propriedade de Alex na cidade de Rio Largo, para ocultar os produtos e, em seguida, repassar o combustível.

Lava-jato era utilizado para prática criminosa.

Depois de denúncias e averiguações por parte dos policiais da DRFVC, foi constatada a prática delituosa e ambos foram presos em flagrante.

Policiais civis da Delegacia de Roubos da Capital, comandados pelo delegado José Carlos André, prenderam Kristhian David Fernandes, de 27 anos, em cumprimento a mandado expedido pelo juiz Carlos Henrique Pita, da 3ª Vara Criminal da Capital. Além de roubo, ele responde também por tráfico de drogas.

A prisão aconteceu na Rua Santa Luzia, no Village Campestre II, no bairro Cidade Universitária. Com o acusado, foi apreendido um aparelho celular.

Na Barra de Santo Antônio, região metropolitana de Maceió, foram presos José Celestino dos Santos, de 72 anos, conhecido como “Manhoso”, e Ismael Barros dos Santos, de 21 anos, ambos envolvidos em crimes de roubo.

Em Arapiraca, a operação prendeu João Vitor Silva Santos, o “João Grilo”, e Kelvin Costner Paixão. O primeiro é acusado de roubo, e o segundo, além de roubo, responde também por tráfico de drogas.

No município de Teotonio Vilela, além das prisões, a ação apreendeu drogas.

Seis adultos foram presos e dois menores apreendidos na cidade de Teotônio Vilela, durante a ação policial, coordenada pelo delegado Arthur César, e que contou com o apoio de guardas municipais. Eles foram identificados como José Wanderson Barbosa, André Constantino da Silva; Cristiano Roberto dos Santos; José Petrúcio Silva; Lucas dos Santos Oliveira; Vital Praxedes da Silva.

A ação aconteceu na localidade conhecida como Grota da Jorgina, onde foram também apreendidos 4,8 kg de maconha e uma bolsa de sementes desta droga.

Em Viçosa, de acordo com o delegado regional Guilherme Sillero, José Taciel dos Santos, que cometeu um homicídio em São Paulo na semana passada e praticava tráfico de drogas no município, foi preso durante a operação.

Na região de Delmiro Gouveia, em uma ação coordenada pelo delegado regional Rodrigo Cavalcanti e o comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar, coronel Anaximandro Tenório, além de acusados de roubo, também foram detidos envolvidos em outros crimes como furto e homicídio.

Os presos foram identificados como Edilson Silva Barros, José Salatiel Santos Silva, Gilvan Pereira Leite, Fábio Romero da Silva, Nataniel Ancelmo da Silva, Renato Baltazar da Silva, Mauro Rodrigues da Silva, Rogério Silva de Lima, Robson Santos Mariano e Niedson dos Santos Nascimento.

A ação deflagrada, em Santana do Ipanema, comandada pelo delegado Daniel Meyer, no Sertão de Alagoas, cumpriu 12 mandados de busca e apreensão em diversos bairros do município, com destaque para a rua conhecida como “João do Lixo”, onde os acusados detidos são suspeitos de cometer crimes de tráfigo de drogas e de a associação ao tráfico.

Na operação, foram presos Robson Pereira da Silva, de 27 anos; conhecido como “Binho”; Manoel de Lima Bezerra, 20 anos, o “Tota”;  Nilton Bruno Rodrigues Melo, o “Ovelha”; Bruno de Oliveira Arcanjo Silva; Douglas Matheus Souza Lima, 18 anos, o “China”; Wanderson Lopes da Silva, 22 anos, o “Negão da Doze”; Lucas Oliveira da Silva, o “Joelhinho” e Marcelo Celestino.

Com os suspeitos, foram encontrados uma balança de precisão, armas brancas, celulares, pen drives, sacolas para embalagem de drogas e grande quantidade de substância semelhante à maconha, algumas já prontas para a comercialização.

Os suspeitos foram conduzidos para a 2ª Delegacia Regional de Polícia (2•DRP) de Santana do Ipanema para os procedimentos cabíveis.

Na Polícia Civil, o trabalho foi coordenado pelos gerentes das quatro regiões da polícia judiciária – delegados Ana Luíza Nogueira, Carlos Reis, Mário Jorge Barros e Cícero Lima, e comandantes de batalhões das diversas áreas.





Fonte: Ascom PC

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2019 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.