OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 12 de dezembro de 2018

Agronegócios

05/12/2018 às 12:43

IMA abre canal para facilitar Cadastro Ambiental Rural; prazo termina no dia 31

Equipe do IMA está disponível para auxiliar os proprietários no cadastramento do imóvel rural Equipe do IMA está disponível para auxiliar os proprietários no cadastramento do imóvel rural

O prazo para que os proprietários de imóveis rurais façam o Cadastro Ambiental Rural (CAR) com benefícios termina no dia 31 de dezembro. O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) alerta que o prazo não deve ser prorrogado e que quem ficar de fora pode sofrer penalizações. A equipe do órgão está disponível para auxiliar os proprietários no cadastramento. O atendimento pode ser agendado pelo número (82) 98878-9994. Além do IMA, trinta e quatro municípios alagoanos estão aptos a colaborar com o trabalho.

Entre os ganhos de fazer o CAR estão o prazo de 20 anos para recompor áreas que não possuem vegetação nativa conforme o estabelecido em Lei, acesso ao crédito rural e auxílio para o planejamento ambiental. Todos os benefícios são perdidos caso a propriedade fique irregular.

Independente do tamanho da área, todos os imóveis rurais devem ser cadastrados. Os dados servem, principalmente, para se construir uma espécie de identidade do imóvel. Aqueles que não fizerem o cadastro no prazo estabelecido podem sofrer multas que variam de R$ 1 mil a R$ 100 mil, conforme o tamanho do imóvel.

Segundo informações do setor de Gestão Florestal do Instituto, o Estado de Alagoas conseguiu realizar o CAR de 70,6% do total de áreas identificadas pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB). Já foram cadastrados, até o momento, 64.626 imóveis. Entretanto, considerando as 123 mil propriedades rurais identificadas pelo último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o estado figura com apenas 54% do total.

“O número é considerado baixo, mas esperamos que os donos de imóveis rurais entendam que eles podem sofrer penalizações. O prazo já foi prorrogado outras vezes, mas dessa vez acreditamos que não deverá ser adiado novamente, porque apenas estados do Nordeste ainda não conseguiram alcançar os 100% de imóveis cadastrados”, afirma Thalyta Almeida, engenheira florestal do IMA.

Além do IMA, 34 municípios disponibilizam técnicos para ajudar os proprietários a fazer o Cadastro. São eles: Maravilha, Poço das Trincheiras, Senador Rui Palmeira, Santana do Ipanema, Piranhas, Delmiro Gouveia, Pão de Açúcar, Batalha, Belo Monte, Craíbas, Olho D’Água Grande, Arapiraca, Junqueiro, São Sebastião, Teotônio Vilela, Igreja Nova, Penedo, Piaçabuçu, Palmeira dos Índios, Taquarana, Quebrangulo, Viçosa, Maribondo, Anadia, Boca da Mata, São Miguel dos Campos, Marechal Deodoro, Jequiá da Praia, Branquinha, União dos Palmares, São José da Lage, Joaquim Gomes, Ibateguara e Porto Calvo.

No Nordeste, além de Alagoas ainda faltam atingir os 100% os estados da Bahia, Sergipe, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará.


fonte: Ascom IMA


Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.