OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 23 de abril de 2018

Maceió

11/01/2018 às 08:10

Samu e SMTT retomam parceria para reduzir acidentes de trânsito

O trabalho conjunto dos dois órgãos foi implantado em 2007 e durou até 2009, sendo reativado neste início de 2018 - Carla Cleto O trabalho conjunto dos dois órgãos foi implantado em 2007 e durou até 2009, sendo reativado neste início de 2018 - Carla Cleto

João Victor Barroso

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) retomou a parceria com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) para melhorar o fluxo de trânsito e reduzir os acidentes ocorridos nas ruas da cidade de Maceió. O trabalho conjunto dos dois órgãos foi implantado em 2007 e durou até 2009, sendo reativado neste início de 2018.

Nos dois primeiros anos de funcionamento da parceira (2007/2009), o setor de estatística do Samu Maceió realizou um trabalho que identificou, por bairros, os tipos de acidentes de trânsito na cidade. Também foram especificados vários pontos de referência da ocorrência.

De acordo com Suzana Malta Fighera, responsável técnica pelo setor de estatística, o Samu deve exercer a função de observatório do Sistema Único de Saúde fornecendo dados estatísticos para que as ações preventivas sejam feitas pelos órgãos competentes.

“Fizemos isso para ter um panorama mais real possível do local dos acidentes. Após a análise dos dados fizemos várias ações em conjunto com a SMTT em diversos pontos de Maceió, onde o número de acidentes foi considerado elevado, como na Praça da Macaxeira, no bairro do Jacintinho”, explicou a técnica.

Uma equipe da SMTT esteve na Central Maceió para colher informações sobre os dados de trânsito, inicialmente, do mês de dezembro de 2017. E segundo Carlos Moura. Essa parceria, de acordo com o assessor de Levantamento de Acidentes de trânsito e Estatística da SMTT, essa parceria se torna importante pelo fato de que existem acidentes que o órgão municipal não toma conhecimento do que aconteceu.

“Quando o Samu é acionado para as ocorrências, existem casos onde a SMTT não sabe daquele acidente. E com a retomada desse trabalho iremos atualizar nosso banco de dados, para identificar os principais pontos de acidentes na cidade, para melhorar o trânsito na nossa cidade tanto para os motoristas como para os pedestres”, disse o assessor.





Fonte: Agência Alagoas

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.