OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 27 de junho de 2019

Meio Ambiente

31/12/2018 às 13:22

Coleta seletiva gera emprego e fortalece cooperativas em Maceió

Coleta seletiva gera emprego e fortalece cooperativas em Maceió  Cooprel recolhe materiais recicláveis no Benedito Bentes e emprega 25 famílias da região. Foto: Pei Fon / Secom Maceió Coleta seletiva gera emprego e fortalece cooperativas em Maceió Cooprel recolhe materiais recicláveis no Benedito Bentes e emprega 25 famílias da região. Foto: Pei Fon / Secom Maceió

Letícia Pascoalino

Latinhas, vidro, garrafas pet, embalagens de shampoo, papelão, eletrônicos e óleo de cozinha. Tudo isso pode ser reaproveitado e em Maceió é transformado em renda para dezenas de famílias. São quatro cooperativas contratadas pela Prefeitura, por meio da Superintendência Municipal de Limpeza Urbana (Slum), realizando a coleta seletiva porta a porta em 18 mil residências de 11 bairros da capital.

Patrícia Ramos é administradora da Cooperativa dos Recicladores de Alagoas (Cooprel) do Benedito Bentes. Ela era catadora de lixo, mas há cinco anos se filiou à cooperativa e agora quer cursar gestão ambiental em uma universidade pública. Com o marido, ela sustenta quatro filhos, uma neta e diz ter orgulho da profissão que exerce.

Patrícia Ramos – Gestora da Cooprel Benedito Bentes. Foto: Pei Fon / Secom Maceió

“Nem nós tínhamos noção da importância do nosso trabalho, principalmente para o meio ambiente. Hoje, nós sabemos disso e entendemos que formar uma cooperativa foi essencial. Antigamente, éramos tratados como lixo por sermos catadores, depois que formamos a cooperativa, temos uma farda, carrocinha plotada e somos reconhecidos pelo nosso trabalho. Já recebemos até projetos de fora”, conta ela com orgulho.

Só a Cooprel, emprega 25 famílias no Beneditos Bentes e outras 20 no Antares, recolhendo, em média, 90 toneladas de resíduos limpos por mês. Patrícia conta que depois da parceria com Prefeitura de Maceió, a quantidade de material recolhido e até a renda dos membros da cooperativa aumentaram.

“Com essa contratação da Prefeitura e a divulgação nos outdoors, nos pontos de ônibus e na mídia, melhorou muito para nós. A população está tomando conhecimento e está se conscientizando da importância da separação do lixo, tem áreas aqui no Benedito Bentes que as pessoas lavam e tiram os rótulos antes de nós recolhermos. Com isso, aumentou demais a nossa demanda de material e passamos de uma renda de R$300 – R$400 para uma renda fixa de mil reais”, destacou.

Pev da Praça da Faculdade, no Prado. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Além da coleta nas residências, as cooperativas são responsáveis por recolher os resíduos depositados nos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs), que estão localizados em 11 pontos da cidade: Praça do Centenário, no Farol; Praça Genésio de Carvalho, na Gruta; Praça da Faculdade, no Prado; orla da praia de Ponta Verde; terminal do Graciliano Ramos; Praça do Colégio Atheneu, no Salvador Lyra; Praça Lucena Maranhão, em Bebedouro; Praça do Conjunto Gurguri, em Guaxuma; Praça Nossa Senhora de Fátima, no Feitosa; Praça do Bicentenário, no Conjunto José Tenório e Praça Colina dos Eucaliptos.

A Edilane da Silva também trabalha na Cooprel, unidade Benedito Bentes. Ela era cozinheira de um food truck e fazia bicos como faxineira, mas conta que estava insatisfeita com o trabalho, quando surgiu a oportunidade de trabalhar perto de casa. “Eu nem sabia que tinha uma cooperativa aqui, mesmo morando tão pertinho. Foi quando, há dois anos, eles abriram a seleção e eu fiquei. Agora eu além de trabalhar aqui, entendo a importância da Cooprel e tenho orgulho do meu trabalho”, afirma. “Sou mãe solteira de dois filhos, lá em casa sou eu para tudo e ter uma renda fixa é muito importante. Agora eu posso contar com esse dinheiro no fim do mês e ficar mais tranquila”, acrescentou.

Equipe da Cooprel, unidade Benedito Bentes. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Para solicitar a coleta seletiva porta a porta nos bairros contemplados pelas cooperativas ou para saber mais sobre os PEVs e os serviços de limpeza urbana, o cidadão pode entrar em contato com a Slum pelo 0800 082 2600 ou pelo WhatsApp 9 8802-4834, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Também é possível entrar em contato diretamente com as cooperativas, aqui estão disponíveis os contatos.

Confira os bairros atendidos pela coleta seletiva porta a porta:

Cooplum: Jacarecica, Cruz das Almas, Mangabeiras, Jatiúca, Ponta Verde (até a Sandoval Arrochelas);
Coopvila: Ponta Verde (a partir das Sandoval Arrochelas), Pajuçara e Pontal da Barra;
Cooprel do Benedito Bentes: todo o complexo Benedito Bentes;
Cooprel da Serraria: Serraria, Antares e Jardim Petrópolis.



Secom Maceió


Comentários

crea-06e07
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2019 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.