OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 22 de setembro de 2018

Turismo

04/07/2018 às 11:19

Expansão do Mapa do Turismo fomenta investimentos no interior de Alagoas

Municípios com potencial ara exploração do turismo estão recebendo mais estrutura para desenvolver a atividade Municípios com potencial ara exploração do turismo estão recebendo mais estrutura para desenvolver a atividade

Thiago Tarelli

A expansão do Mapa do Turismo 2017 em Alagoas, fomentada pelo Governo do Estado e decretada pelo Ministério do Turismo (Mtur), fez com que o Estado passasse de 28 para 67 cidades turísticas, crescendo 139% com relação ao ano anterior. De lá pra cá, novos investimentos em municípios agora considerados turísticos têm surgido, fortalecendo a atividade turística no Estado.

Uma das cidades que recebem novos investimentos para fomentar a atividade turística é Capela. Distante 68 km da capital Maceió, o município pertencente à região turística dos Quilombos e conta atualmente com dois convênios com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), que viabilizam a reconstrução do “Farinheiro”, que vai abrigar o Centro Cultural Multiuso Leda Valéria, e a reforma e ampliação do Ateliê Mestre Patrimônio Vivo do Estado, João das Alagoas.

O primeiro está orçado em mais de R$ 1 milhão. Noventa e oito por cento dos recursos são provenientes do Estado e 2% da Prefeitura Municipal de Capela. O “Farinheiro” era um ponto de comércio, arte e cultura. O espaço servia para apresentações de artistas locais e também para lazer e recreação da população. A ideia é que o novo Centro Cultural Multiuso agregue todas essas atividades, impulsionando o desenvolvimento econômico da região através do turismo e da comercialização dos produtos da agricultura capelense.

Já o segundo projeto foi orçado em quase 170 mil reais com recursos próprios do Estado. O Mestre Artesão João das Alagoas ensina a jovens e adultos sua arte de esculpir esculturas em barro. A obra vai beneficiar todos os 10 artesãos que utilizam aquele espaço, se transformando também em um novo ponto turístico na cidade.

Para o chefe de gabinete da Prefeitura Municipal de Capela, Ytallo Melo, a conclusão das obras do Farinheiro e do Ateliê fomentarão ainda mais o turismo na cidade. “Capela já virou referência nacional quando se fala de artesanato, muito devido à influência do Mestre Artesão João das Alagoas. A cidade conta com mais de 200 artesãos, a maioria inspirada na arte de dar vida ao barro, como faz o Mestre. Hoje já recebemos turistas do Brasil e do mundo devido a isso, porém, com a conclusão dessas obras, além de aumentar esse fluxo, pretendemos também fortalecer o turismo regional, incluindo a vertente religiosa e culinária, com as festas da padroeira, a visitação ao Morro de Santo Amaro e a iguaria regional que é o tradicional caldinho de Capela”, contou.

Municípios reclassificados no Mapa

Além da inclusão no Mapa, alguns municípios de Alagoas foram reclassificados devido a sua potencialidade turística. É o caso de Porto de Pedras, na região Norte no Estado, que saiu da categoria C para B; o mesmo aconteceu com São Miguel dos Milagres. Já Piranhas, no alto Sertão alagoano, passou de D para C.

Na prática, a divisão em categorias e a inclusão no Mapa do Turismo, garante que o segmento receba mais atenção do Governo Federal nesses municípios, como explica o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito. “Essa categorização é importante porque é um instrumento elaborado pelo Ministério do Turismo (Mtur) para identificar o desempenho da economia do setor nos municípios que constam no Mapa do Turismo Brasileiro. Esse instrumento permite tomar decisões mais acertadas e implementar políticas que respeitem as peculiaridades dos municípios brasileiros, além de garantir recursos para garantir mais estrutura para o desenvolvimento do turismo”, disse o secretário.

Muitos desses municípios que têm nova classificação estão sendo beneficiados por políticas públicas que fomentam a atividade turística, visando consolidar o potencial turístico dessas cidades. Porto de Pedras, por exemplo, será beneficiada com a construção do Mirante do Farol, que será feito com recursos do Governo Federal e Estadual. Ainda em processo de tramitação da documentação para a obra, o equipamento servirá como mais um atrativo para diversificação da oferta turística da cidade.

Em São Miguel dos Milagres, o Governo do Estado entregou recentemente à população um Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), atendendo uma demanda antiga do trade turístico da região e beneficiando moradores e turistas da chamada Rota Ecológica, um dos principais destinos turísticos de Alagoas.


Ascom Sedetur

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.