OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 11 de agosto de 2020

Esporte

01/08/2020 às 00:15

Faltou o bom futebol, mas deu CSA no clássico com o CRB

CSA comemora o gol da vitória: recuperação positiva - Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas CSA comemora o gol da vitória: recuperação positiva - Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Alberto Oliveira

Não foi um bom jogo. O clássico entre CSA e CRB apresentou pouca qualidade técnica e acabou sendo decidido em uma bola parada.

O CSA venceu a partida por 1 a 0 com um gol marcado por Alan Costa após a cobrança de escanteio. Com a vitória, o CSA assegurou matematicamente sua classificação para a fase semifinal.

Com os resultados, o CRB terminou a 1ª fase como melhor time da 1ª fase com 13 pontos, superando o time azulino no saldo de gols. Como 1º colocado, o CRB enfrentará o ASA em uma das semifinais. Já o CSA fechou a disputa da fase de classificação como os mesmos 13 pontos e terá como adversário o Murici.

O Jogo 

A primeira finalização aconteceu apenas aos 14 minutos, quando após uma bola alçada na área, o rebote caiu no pé de Márcio Araújo que chutou firme e mesmo com muita gente na frente, o goleiro Victor Souza fez a defesa de maneira segura.

Três minutos depois, foi a vez de uma finalização do CRB. Na saída de bola, Yago erra, Erik domina antes de Alan Costa e já dentro da área chuta cruzado pelo lado de fora.

A bola parada seguia sendo a principal arma para as duas equipes. O CSA conseguiu um escanteio aos 25 minutos. Na cobrança uma jogada básica. A bola foi alçada por Rafael Biluno segundo pau e Luciano Castan ganhou o duelo com Diego Torres, o camisa 4 azulino deu a casquinha e encontrou Alan Costa, Claudinei não subiu, mas Alan desviou de cabeça, Victor Silva ainda tentou a defesa, mas apenas imprensou a bola com a trave, mas ela acaba no fundo da rede: CSA 1 a 0.

Após tomar o gol, o CRB soltou mais a equipe. Nesta momento, o Galo encontrou dificuldade pois perdeu o que tinha de melhor: deslocamentos com espaço e usando a velocidade dos seus homens de frente.

O jogo mudou de característica. Após começar propondo o jogo, a vantagem fez o CSA diminuir as linhas e se posicionar sem dar espaços para o CRB. Por sua vez, o CRB encontrava dificuldade em fazer um jogo construtivo, sem ter espaços para ter mais ofensividade.

Os times retornaram para o segundo tempo sem mudanças e o cenário inalterado.O CRB não conseguia quebrar as linhas azulinas e buscava na bola parada a principal alternativa ofensiva. Aos seis minutos, finalmente o CRB encaixou uma bola área. A bola chegou na áreaazulina e mesmo de costas para o gol, Igor Cariús desviou para o gol forçando o goleiro Thiago Rodrigues fazer a defesa.

Aos 20 minutos, o Galo construiu uma jogada pelo lado direito, Magno Cruz iniciou a jogada e passou para João Carlos. O camisa 9 chutou forte, no alvo e forçou o goleiro Thiago Rodrigues a fazer uma grande defesa.

O CSA estava pressionado pelo maior volume de jogo do CRB, conseguia se defender com eficiência, mas não tinha mais saída de jogo. O CRB seguiu com posse de bola, tentando construir jogadas ofensivas, mas parava na eficiência defensiva azulina.




Esporte Alagoano

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2020 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.