OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 07 de abril de 2020

Artigos

19/02/2020 às 16:34

Eleição em Maceió virou samba do criolo doido

Claudionor Araújo (*)

Confirmando-se o conchavo entre Rui Palmeira e Renan Filho, em apoio à candidatura  de Alfredo Gaspar, quem mais ganha e quem mais perde?

Ao longo dos últimos anos e das últimas eleições o Prefeito e o Governador estiveram em lados opostos, com projetos políticos bem distintos e troca de muitas farpas.

No cenário atual, ambos buscam um candidato a Prefeito de Maceió que possam "chamar de seu".

A peleja entre Rui Palmeira e Rodrigo Cunha, caminha para o previsível desfecho da saída de Rui do PSDB,  por não poder indicar uma candidatura própria à sua sucessão.

Já o Governador não preparou um nome com credenciais eleitorais para a sucessão de Maceió e procura quem possa, com seu apoio, quebrar o  longo jejum da família Calheiros nessa disputa.

Objetivo dos dois,  Prefeito e Governador:  além da conquista de uma vitória, anseiam derrotar JHC.

Consolidada a aliança, com vitória de Alfredo Gaspar, quem mais ganha, a meu ver, é o Governador Renan Filho: vence a eleição mais importante do Estado e consolida sua pretensão de ser Senador em 2022.

Já Rui Palmeira poderá sofrer arranhões em sua trajetória política, pois, durante anos manteve-se em oposição a Renan Calheiros e Renan Filho.

E  sua imagem é de baluarte na luta em defesa da ética e da transparência, construída desde os tempos de sua  atuação na Assembleia Legislativa.

E o Senador Rodrigo Cunha?
Ao meu juízo, ganha por se manter coerente com seu passado ético e de defensor da moralidade.

Mas perde por sua incoerência partidária, não aceitando indicar candidato um filiado de seu Partido, do qual é o Presidente Estadual.

Um exemplo a não ser seguido.
Mas, ainda assim, há, além do empenho do ex-Governador Teotonio Vilela, uma grande torcida dos tucanos históricos, para que ainda haja um entendimento, aos quarenta e quatro minutos do segundo tempo, entre os dois grandes líderes,  campeões de votos, RUI PALMEIRA e RODRIGO CUNHA!

Este é o cenário político de hoje.

Mas, como dizia Tancredo (ou teria sido Ulisses?), "Política é como nuvem no céu, você olha e vê um desenho, tira a vista e olha de novo e o desenho já é outro"...

(*) Ex-Presidente Estadual do PSDB

Comentários

Corona-AL
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2020 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.