OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 18 de novembro de 2019

Esporte

07/11/2019 às 23:19

CSA toma gol aos 48min e Grêmio entra no G4

Cebolinha foi o destaque da vitória do Grêmio (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)  Fez falta... Cebolinha foi o destaque da vitória do Grêmio (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA) Fez falta...

AL1

Em jogo que acabou com contornos bem mais emocionantes do que denotava no seu início, o Grêmio passou pelo CSA por 2 a 1, jogando na Arena. Com o resultado positivo, se garantiu, graças à derrota do São Paulo contra o Fluminense, dentro do G-4, na quarta posição, com 53 pontos.

Por outro lado, o azulão está em 18°, com 29 pontos, e vê a dianteira do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Cruzeiro, aumentar para cinco pontos.

As equipes voltam a campo no próximo domingo, no mesmo horário, às 19h. O Tricolor encara a Chapecoense na Arena Condá, enquanto o CSA recebe o Vasco no Rei Pelé.

O jogo
Usando uma de suas armas mais fortes, a velocidade de Everton, o Grêmio conseguiu, logo nos primeiros minutos da primeira etapa, a abertura do marcador com Diego Tardelli. O camisa 11 disparou pelo lado esquerdo do plano ofensivo e, depois de levantar a cabeça, cruzou de perna esquerda para o número 9 do Tricolor chegar batendo onde João Carlos até chegou a encostar na bola, mas sem evitar que ela estufasse as redes do time de Maceió.

O Grêmio não era sufocante no ataque, preferindo demonstrar mais paciência para fazer o trabalho de bola tentando buscar o melhor momento de acelerar as jogadas e chegando de maneira perigosa quando Alisson aproveitou o erro do Azulão na saída de bola e chutou forte pra intervenção complicada de João Carlos. Entretanto, o confronto caminhava de maneira bastante tranquila aos anfitriões pelo fato de que o poder ofensivo do CSA era totalmente neutralizado seja pela estrutura de marcação gremista ou mesmo por erros no momento dos alagoanos concluírem a jogada.

Pela primeira vez fazendo funcionar uma tabela no campo de ataque, o lateral-esquerdo Euller foi muito bem tocando e recebendo rapidamente de Didira para, na hora de bater, mandar bola cruzada que passou perto da trave esquerda de Paulo Victor. Oportunidade que assustou o time da casa já aos 31 minutos de jogo.

Em meio a uma volta de intervalo semelhante a tônica da partida com o Grêmio superior em posse de bola, mas sem ser muito perigoso frente a meta de João Carlos, o CSA se animou e conseguiu assustar de novo a meta gaúcha. Após cruzamento de Euller onde o rebote da zaga gremista caiu nos pés do meio-campista Jean Cléber, o jogador do time alagoano bateu firme, no alto, exigindo boa defesa de Paulo Victor que mandou pra escanteio.

A posse de bola do Imortal seguia bastante superior e o time conseguia chegar com facilidade as imediações da área do Azulão. Contudo, no momento de achar os passes mais verticais que furassem a linha de marcação alagoana, erros individuais e momentos onde por vezes denotavam preciosismo prejudicavam a efetividade do time gaúcho que não conseguiu aumentar a vantagem.

Se aproveitando da falta de "apetite" do Tricolor, o CSA ia aos poucos tentando criar suas chances e, na base da bola parada, o time de Argel Fucks chegou ao empate. O lateral-esquerdo Rafinha, batendo com bastante precisão por cima da barreira, mandou no extremo canto esquerdo de Paulo Victor.

Desesperado para conseguir o triunfo que lhe daria um espaço dentre os quatro primeiros colocados do Brasileirão, o Grêmio conseguiu tempo para, em cruzamento partido da esquerda por parte de Everton, Ronaldo Alves tocou contra o próprio patrimônio de cabeça e garantiu uma suada vitória na Arena.

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2019 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.