OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de outubro de 2018

Maceió

27/05/2018 às 17:30

Artigo sobre Programa Vida Nova nas Grotas ganha repercussão nacional

Polyanna Omena participa do Programa Vida Nova nas Grotas e se inspirou no tema para fazer estudos acadêmicos Polyanna Omena participa do Programa Vida Nova nas Grotas e se inspirou no tema para fazer estudos acadêmicos

Antônio Oiticica

O Programa Vida Nova nas Grotas tem sido sinônimo de mudança na vida de muitos alagoanos. Mas a novidade é que ele também tem servido de inspiração para estudos e debates acadêmicos. É o que propôs Polyanna Omena, estudante do 9º período de arquitetura da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), que desenvolveu dois artigos científicos sobre os ganhos sociais causados pelo programa do Governo de Alagoas.

Como estagiária da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e colaboradora do programa, a estudante visitou a Grota da Macaxeira, em Maceió, e se deparou com a invisibilidade da população nas comunidades e até o desconhecimento desses locais pelo resto da cidade. Dessa aproximação, surgiu o interesse em estudar os temas e levá-los para sua vida universitária, culminando na produção de artigos, em parceria com outros colegas de curso.

A ideia é também ampliar a discussão da temática no meio acadêmico, muitas vezes focado em soluções ideais para problemas reais, como o da ocupação das grotas. Ela conta que, após sua experiência, pôde trazer outras narrativas para o debate em seu grupo de pesquisa. “Eu mostrei como é a realidade desses moradores, e como é o novo olhar do Governo perante eles, e todos resolveram abraçar a causa”, afirma a estudante.

Os artigos produzidos levam os seguintes títulos: “Análise da percepção dos usuários sobre melhorias construtivas realizadas em habitações precárias em Maceió, Alagoas”, que trabalha a questão da satisfação frente às modificações realizadas em suas moradias e foi aprovado para apresentação no XVII Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído (Entac), a ser realizado entre os dias 12 e 14 de novembro de 2018; “Desempenho de edificações na Grota da Macaxeira: uma análise de melhorias habitacionais em moradias precárias frente a NBR 15575”, sobre desempenho habitacional, submetido para a revista Ímpeto, organizada pelo Programa de Educação Tutorial do curso de Arquitetura e Urbanismo da Ufal (PetArq-Ufal), e está aguardando aprovação para publicação.

Além desses, a estudante já organiza um terceiro artigo que aborda a caracterização habitacional das moradias da Grota da Macaxeira. Seu planejamento é de inscrevê-lo no Congresso Internacional de Direitos Humanos e Políticas de Igualdade, evento que será sediado na Ufal, de 3 a 5 de setembro de 2018.

Em seu artigo aprovado no Entac, ela avalia a satisfação dos moradores a partir das melhorias propiciadas, além de medir se a edificação saiu da condição de precariedade extrema. Polyanna diz ter grande prazer em participar do “Vida Nova nas Grotas”, pois passa a conhecer a realidade de pessoas que passam despercebidas por muitos.

Por fim, anima-se ao falar dos contatos possíveis no Encontro Nacional, visto que encontrará “uma comunidade acadêmica de todo o Brasil,[e que] essa comunidade terá a oportunidade de conhecer esse trabalho e ver a importância da temática, e quem sabe sentir uma parcela do que sinto”, disse a estudante.

Vida Nova nas Grotas

O Vida Nova nas Grotas é um programa do Governo do Estado de Alagoas em parceria com o Programa das Nações Unidas para Assentamentos Urbanos (ONU-Habitat). A Seinfra participa da ação implementando ações de melhoria em habitações de situação precária nas grotas de Maceió. As grotas da Macaxeira, Piabas e, mais recentemente, a do Aterro, foram contempladas com pequenas reformas de até R$ 5.000. No total, serão atendidas um total de 2000 residências, até seu pleno cumprimento.

Para Polyanna Omena, o programa é de suma importância por tirar a habitação de uma condição de insalubridade, propensa a doenças, além de proporcionar maior conforto psicológico para os moradores, por criar um ambiente agradável de se viver. “O programa visa tirar a habitação da condição de precariedade e dá um pouco mais de dignidade ao alagoano”, finaliza.


Ascom Seinfra


Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.