OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 18 de novembro de 2019

Maceió

07/11/2019 às 18:24

Rui Palmeira assina adesão a rede de cidades sustentáveis

O prefeito Rui Palmeira firmou hoje em Recife a adesão de Maceió ao ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade. Foto: Andréa do Rego Barros O prefeito Rui Palmeira firmou hoje em Recife a adesão de Maceió ao ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade. Foto: Andréa do Rego Barros

Lucas Alcântara

A construção de uma cidade mais sustentável é uma das linhas de trabalho adotadas pela Prefeitura de Maceió para colaborar com o enfrentamento da crise global climática, incluindo ações executadas por meio de obras e projetos estratégicos. Para reforçar esse compromisso com o meio ambiente, o prefeito Rui Palmeira formalizou hoje (07), em Recife, a adesão da capital ao ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade -, e assinou a carta de intenção que embasará o decreto que declara o Reconhecimento à Emergência Climática Global pelo Município de Maceió. A assinatura aconteceu durante o segundo dia da Conferência Brasileira de Mudança do Clima, que segue até amanhã (08) na capital pernambucana.

Segundo explicou Rui Palmeira, o decreto é um documento que conta com a adesão de mais de mil entidades e governos de 18 países, todos comprometidos com as metas estabelecidas para a redução da emissão de carbono. Para atender aos objetivos do decreto, o trabalho a longo prazo deve ser voltado, sobretudo, às áreas de maior índice de vulnerabilidade social, às comunidades históricas e às que têm maior incidência de impactos ambientais. “Assumimos um compromisso necessário da crise global climática. Sabemos que é algo a ser trabalhado ao longo dos próximos anos, no entanto, o primeiro passo foi dado e isso tem uma representação significativa, visto que ficará como responsabilidade da gestão municipal o desenvolvimento de ações com este objetivo”, declarou o chefe do Executivo.

Prefeito Rui Palmeira participa da Conferência Brasileira de Mudança do Clima em Recife. Foto: Divulgação

Palmeira foi à Conferência acompanhado dos titulares da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial (Sedet), Rosa Tenório, e da Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes), Gustavo Torres. No evento, o gestor participou do Painel Prefeitos pelo Clima ao lado dos prefeitos Geraldo Júlio (Recife-PE), Ary Vanazzi (São Leopoldo-RS) e Roberto Cláudio (Fortaleza-CE).

Acompanhado dos secretários Rosa Tenório e Gustavo Acioli, o prefeito Rui Palmeira firmou adesão ao ICLEI. Foto: Divulgação

O prefeito falou sobre as ações sustentáveis desenvolvidas em Maceió, destacando a implantação da iluminação em LED, a reutilização de asfalto removido de vias com pavimento danificado na pavimentação de novas ruas e a coleta seletiva a partir da contratação pioneira em Alagoas de cooperativas para a prestação do serviço porta a porta.

“Buscamos desenvolver Maceió com um olhar mais sustentável, com a redução da utilização de recursos naturais, investindo em novas tecnologias, ampliando a coleta seletiva e buscando alternativas para atender as demandas da população sem que haja danos ao meio ambiente. Iniciamos a substituição da iluminação convencional de Maceió por lâmpadas de LED. Hoje, 12% das luminárias da cidade já são deste modelo, que tem durabilidade bastante superior e é mais econômico, e queremos chegar em breve ao percentual de 25%. Estamos reciclando metralha da construção civil em nossa usina de asfalto e reutilizando na pavimentação. Fizemos a primeira contratação de cooperativas de catadores e chegamos a atender cerca de 60% da capital com coleta seletiva, isso no serviço porta a porta, nos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) e nos Ecopontos”, enfatizou Rui Palmeira.

Para o titular da Sudes, a adesão de Maceió ao ICLEI e a assinatura do prefeito no decreto são de extrema importância para o desenvolvimento sustentável da cidade. Ao acompanhar o evento, Gustavo Torres lembrou que, além dos serviços à população citados por Rui, a Prefeitura também trabalha com projetos estratégicos coordenados pelo Gabinete de Governança, a exemplo do Inova Maceió e Maceió Cidade Inteligente, que são pautados pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

“A adesão de Maceió ao ICLEI é um importante passo. Participamos da Conferência e acompanhamos a exposição do que tem sido feito em outras capitais. Ficamos felizes em saber que não estamos seguindo em mão contrária, mas sim no caminho certo para o desenvolvimento de uma cidade mais sustentável. Temos um serviço de coleta seletiva abrangente e que não somente destina adequadamente os resíduos recicláveis, mas que também gera renda às famílias de catadores. A educação ambiental faz parte de nossas ações, temos ampliado o plantio de árvores, trabalho que somente nos últimos dois anos resultou em quase 40 mil novos exemplares na cidade, além de outros serviços que estão em andamento para beneficiar o meio ambiente e proporcionar melhoria na qualidade de vida da população”, comentou Gustavo Torres.

A secretária Rosa Tenório também destacou a adesão firmada pelo prefeito Rui Palmeira e a participação da gestão no evento, que reúne líderes de todo o País na discussão sobre as mudanças climáticas. “É um marco para o Município de Maceió tanto a participação neste encontro quanto a assinatura do termo de adesão ao ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade -, que é um importante compromisso com este grupo que defende cidades sustentáveis e se preocupa com os impactos ao meio ambiente, com as mudanças climáticas e a necessidade de energias renováveis, pontos que já estão na nossa agenda”, destacou na titular da Sedet.


Ascom Sudes


Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2019 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.