OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 23 de janeiro de 2020

Política

06/12/2019 às 15:19

No plenário do Senado, Rodrigo Cunha defende maior proteção à mulher

Nesta sexta-feira acontece o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres, uma causa que sempre foi defendida pelo senador Rodrigo Cunha. Ontem ele ocupou a tribuna do plenário do Senado para apresentar dados que confirmam o quanto o Brasil ainda precisa caminhar para prevenir e dar o apoio adequado às vítimas de violência contra a mulher.

O senador alagoano está apresentando um projeto de lei para aumentar a cobertura das delegacias de atendimento à mulher em todo o país. Em Alagoas, apenas Maceió e Arapiraca estão equipadas com uma unidade especializada. Ele citou o caso de uma alagoana de Colônia Leopoldina, que depois de ser agredida e ameaçada pelo antigo companheiro não viu outra alternativa a não ser abandonar tudo e fugir pra Maceió, a 100km distante de sua casa.

“O número de mortes violentas de mulheres no ambiente doméstico cresceu 17% nos últimos cinco anos. Os dados só reafirmam a gravidade da situação, quando o assunto é este. As mulheres estão mais vulneráveis, e é papel do Estado, o Legislativo incluído, aumentar a rede de proteção a elas”, discursou.

A proteção às mulheres também esteve na pauta do senador Rodrigo quando ele ocupava um assento na Assembleia Legislativa Estadual. Na ocasião, ele sugeriu ao governo que as delegacias de atendimento à mulher funcionassem aos fins de semana, que é quando a maioria das agressões do tipo acontece. Agora ele leva essa discussão para o Senado.


Ascom Rodrigo Cunha


Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2020 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.