OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 13 de dezembro de 2017

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) é editor-geral do AL1.
11/10/2017 às 08:08

A bola está com Renan

É goooooooooooooooooool É goooooooooooooooooool

Feliz de quem tem o que seu concorrente não tem. 

Também ouso afirmar que: quando a crise aperta é a verdade que tem o poder.

Na verdade, verdadeira, quem deveria ter o poder era o eleitor, mas este, coitado, não sabe para onde atirar a primeira pedra.

Foi neste vácuo que O Mestre da articulação retomou a bola e chamou para si a responsabilidade de se salvar, em meio ao bombardeio da mídia nacional.

Renan com a bola do jogo não é só um bicho feroz, é o domador, o dono do circo e ainda bate palmas da plateia – para ele próprio.

Virando o jogo
Quando muitos pensavam que Renan estava acabado por estar na mira da Globo, num drible ao estilo Mané Garrincha, o botafoguense Renan fez o Brasil parar, sentar, abrir a boca e ficar atordoado, ao ponto de se perguntar: Oxe! Num dizem que Renan é do lado poder. Como ele pode, agora, brigar justamente com o presidente da República, que por sinal é do seu partido?  Simples, como conquistar macaco com banana e a soma de 2 + 2 = 4.

A virada do jogo começou quando Renan decidiu enfrentar e se tornar o desafeto número 1, do inimigo número 1 do Brasil: O PRESIDENTE TEMER

Por conta do seu posicionamento Renan perdeu a liderança do PMDB. Mas, e daí? Para quê ser líder do segundo partido mais desmoralizado do país? (o primeiro é o PT).

Contra Michel Temer, O Mestre saiu da mira da Globo e acalmou o Brasil, que lhe via como um câncer. O segundo passo foi afiar o discurso contra posicionamentos do STF, inclusive com críticas à presidente Carmen Lucia. Aí Renan retomou o protagonismo no Congresso Nacional e viu seus pares se curvarem.

Mas como assim? Contra Temer e contra o STF, que num só dia arquivou dois processos contra ele? Não!

O segredo do sucesso de Renan é que ele tem uma calculadora no cérebro, que só aceita soma. Se aquilo é ruim por isso, mas no geral o saldo é positivo, entra no cálculo.

SÓ JUSTIFICANDO
- Feliz de quem tem o que seu concorrente não tem – Pois é... Renan tem a habilidade, ofensividade, frieza, coragem e o mais importante: sabe quem é quem no terreno onde pisa e precisa estar. OU SEJA: TEM O DOMÍNIO DO JOGO JOGADO.

- Quando a crise aperta é a verdade que tem o poder. A verdade é uma só. Com mais da metade do Congresso Nacional, o presidente da República e boa parte do Judiciário sob suspeita, quem tem a bola do jogo é Renan. Bom na marcação, muito bom no drible, ótimo no cabeceio, excelente na finalização e Mestre na articulação. OU SEJA: A VERDADE É QUE NINGUÉM TEM AS CARACTERÍSTICAS QUE RENAN TEM.

Este é Renan Calheiros. De Murici para o Brasil (sil, sil).  

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 3028-7338 (Redação)

© 2017 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.