OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 16 de outubro de 2018

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
07/08/2018 às 15:36

Alagoas: Podemos copia o PSDB e tem crise de partido sem noção

De forma oficial, o Podemos PODE coligar na majoritária com o MDB. Com isso, Álvaro Vasconcelos mantém a presidência e a candidatura de federal, assim como Rafael Tenório permanece 1º suplente na chapa de Renan Calheiros.

De maneira extraoficial, o Podemos NÃO pode coligar na majoritária com o MDB. Com isso, Álvaro Vasconcelos DEVE SER DISTITUÍDO da presidência e DEVE TER a candidatura de federal abortada. Neste caso, Rafael Tenório FICARÁ IMPOSSIBILITADO de manter a 1ª suplência na chapa de Renan.

O que está havendo
O leitor do blogue não pode ficar à margem da verdade dos fatos. O que está acontecendo com o Podemos é muito parecido (não igual) com o que ocorreu na aliança do PSDB com o PTC.

No caso do Podemos o problema não é estar ao lado dos Renans, mas porque havia uma determinação da executiva nacional de evitar coligações majoritárias por conta do palanque livre para o presidenciável Álvaro Dias. Nesse caso, a coligação nas proporcionais com o MDB não tem problema. 

No PSDB o gargalo foi a aliança com Fernando Collor. Os tucanos só aceitaram coligar, para salvar as candidaturas proporcionais. 

Imbróglio em andamento
Assim como acontece no MDB, PSDB, PP, DEM etc, os partidos tem grupos (de pessoas) que pensam diferente. É o que está acontecendo no Podemos. Uns líderes pensam no partido, outros no quantitativo de candidaturas. É apenas isso. A simplicidade não quer dizer que a nota oficial enviada ao bloque pelo presidente Álvaro Vasconcelos prevaleça até o final, ainda que o grupo que defende a aliança majoritária com o MDB Alagoas tenha o aval da presidenta nacional, Renata Abreu, afinada com Renan Calheiros.

O que o Podemos pode?
Decidir o que pretende

O que o Podemos não pode?
Ser motivo de chacota, prejudicar seus candidatos e perder os prazos.  

Veja a Nota Oficial do Podemos
O Presidente Estadual do Podemos de Alagoas, Álvaro Vasconcelos, diante da notícia veiculada em diversos órgãos de comunicação da Capital, sobre o seu suposto afastamento da Presidência do Partido, vem a público comunicar que procurou a presidente do Partido, Deputada Renata Abreu, e o Secretário-geral, Adriano Stefanni, e foi comunicado de que não há qualquer pedido de intervenção na Executiva Nacional sobre o Diretório Estadual, no tocante às
coligações firmadas na Convenção do Partido.

O Partido continua trabalhando para viabilizar as suas candidaturas, que concorrerão no pleito de outubro próximo.

Maceió, 07 de agosto de 2018.

Álvaro Vasconcelos 
Presidente

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.