OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 19 de novembro de 2018

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
08/11/2018 às 06:08

Renan Filho assume o controle acionário do Sistema Correio de Rádios

Bom dia. Retornando do planejado período de descanso.

Vamos lá.

O governador Renan Filho está disposto a ir longe na política. Aos mais próximos confidenciou que pretende dar um tempo na vida pública após a conclusão do segundo mandato. Disse que vai compensar o tempo dedicado ao Estado com a família e avançar nos estudos na área econômica, fora do país. A outros, deixou escapar que o Palácio do Planalto é uma possibilidade. Ou seja: o sonho presidencial é uma realidade (na cabeça dele).

Com as contas públicas no cabresto, fruto do bem-sucedido ajuste fiscal aplicado no início da gestão, o governador ainda tem como bônus uma série de obras para concluir e algumas centenas de alagoanos para chamar ao serviço público, via concurso.

Novo ciclo
Desejos a parte, Renan Filho precisará provar que adquiriu a experiência necessária para seguir em carreira solo. O primeiro obstáculo será superar a barreira das incertezas do governo Bolsonaro e manter a aprovação da gestão, que lhe garantiu o SIM de 77% dos alagoanos.

Para começar o ano Renan Filho vem preparado com o suporte das oito emissoras que compõem o Sistema Correio de Rádios (SCR), incluindo a CBN Maceió. Ele já detinha 50% do grupo e adquiriu, recentemente, a outra metade. “A decisão de vender foi pessoal, da minha parte. Eu disse a ele que, ou ele comprava ou eu colocaria à venda. Agora vou me dedicar aos netos e aos negócios na área do turismo”, confirmou Tito Uchoa, agora ex-sócio, que administrava o pool de emissoras.

Briga pela audiência
O controle acionário das emissoras vai possibilitar que o grupo do governador tenha uma linha editorial capaz de combater possíveis ofensivas, principalmente com a Gazeta, de Collor, e a rede Farol, que tem JHC à frente.

Comunicação é poder. Mas tem que saber usar.

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2018 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.