OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de março de 2019

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
09/01/2019 às 19:09

Renan Filho está livre para se desvencilhar da velha política

O dinheiro, as vantagens e a emoção falaram mais alto que a razão. Com isso, Marcelo Victor será candidato único na eleição para presidente da Assembleia Legislativa. Mas não pense que está tudo pacificado, porque a lei do retorno, num mecanismo chamado TEMPO, coloca tudo e cada coisa em seu devido lugar.

A lição
A coalizão histórica entre a oposição e “sua base aliada” será o primeiro ponto de partida para que Renan Filho se livre das amarras que distanciavam seu governo da chamada Nova Política.

O primeiro mandato do governador, reeleito com 77% dos votos, passou longe do ideal, mas foi capaz de avançar em áreas críticas até então, como a segurança pública e educação. O ajuste fiscal foi determinante para pular a fogueira da crise econômica nacional, que atingiu o Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná e os vizinhos Sergipe e Pernambuco, entre outros.

Com a máquina pública muito mais azeitada que em janeiro de 2015, as contas em dia, obras na ponta da agulha e o planejamento definido, como esperar que praticamente toda "base aliada" desse as costas a seu líder, num ambiente tão próspero? Sabemos.

E agora, futuro?
Lembrando Renan Calheiros aos aliados... “O governador é diferente”, fica fácil entender a jogada do governador, ao perceber que enfrentaria resistência na indicação de Olavo. Quem conhece sabe que o trio Renan-Olavo-Renan Filho não age só. A negativa da – então – base aliada obrigou os líderes estaduais do MDB ir até o limite da prudência para saber quem realmente era governo. Com a prova do “crime” Renan Filho tem tudo para limpar seu governo da velha política do toma lá, dá cá.

Agora é só seguir a metodologia vitoriosa de Bolsonaro, que não precisou de medalhões para chegar à presidência do Brasil.

Quem quer dinheiro? Euuuuuuuu!
ok, ok.... o dinheiro está garantido.

Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2019 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.