OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 16 de setembro de 2019

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
16/08/2019 às 16:49

Prefeitos reclamam da crise, mas pagam pesquisas para propagar a gestão. Oposição banca para dizer o contrário

Por lei, as pesquisas de intenção de votos só precisam de registro no TSE ou TRE a partir de 1 de janeiro, do ano da eleição. Ou seja: até 31 de dezembro deste ano qualquer pessoa pode mandar fazer pesquisa, autorizar - em off - sua divulgação e esperar os parabéns.

Tem sido assim há anos, porque funciona no imaginário dos desavisados. Com o bombardeio das redes sociais os números viralizam.

É importante que a população ludibriada saiba que nas pesquisas não registradas o pagante escolhe a metodologia a ser aplicada. Assim, os números nem sempre correspondem com a realidade.

Atenção para esse detalhe:
Quando um instituto faz uma pesquisa extemporânea em determinado local e o divulgador não cita o pagante é um claro sinal de que estão vendendo gato por lebre. Se não precisa do registro no TRE, o que impede revelar a fonte pagadora? Com registro é possível rastrear. Simples assim.

São os números denorex...  aqueles que parecem, mas...


Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2019 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.