OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 16 de setembro de 2019

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
04/09/2019 às 14:45

Sabe aquela estória do morto? Ele está vivo

É impressionante como há um ano do prazo final das convenções para as eleições de 2020, nenhum nome de peso ter confirmado, pelo menos publicamente, a decisão de ser candidato à sucessão de Rui Palmeira, na Prefeitura de Maceió.

Há 13 meses do pleito, nem o prefeito, tampouco o governador, tem nome para chamar de seu. Pior ainda: os dois não se dispõem a marchar com JHC, líder em todas as pesquisas recentes (não registradas).

Mais confuso ainda é saber que Rui Palmeira e Renan Filho buscam apadrinhar a candidatura do procurador-geral de Justiça de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça, terceiro colocado nas mesmas pesquisas.

Um dos detalhes desse imbróglio é que JHC, diante das circunstâncias – caso seja candidato – sairá “talvez e a depender dos fatos e da concorrência” com o apoio de Rodrigo Cunha (que já fechou acordo para marchar com o nome indicado pelo PSDB) – E SÓ. Também pelas circunstâncias pessoais, Alfredo Gaspar ensaia o mesmo enredo. É o único nome que circula entre azul e encarnado (leia-se Rui e Renan Filho), mas sabe que uma decisão equivocada lhe custará o desemprego.  Sim! Para ser candidato ele tem que renunciar a carreira de promotor de justiça.

E o morto... morreu? Não! Ronaldo Lessa - segundo colocado nas mesmas pesquisas - é, de fato, o candidato que corre por fora para chegar no segundo turno. E de primeiro turno ele tem 100% de aproveitamento.

Bem relacionado com Rui e magoado com Renan Filho, a tendência – também a depender dos fatos e circunstâncias – é que Ronaldo seja o preferido da maioria, em caso de segundo turno. Se for contra JHC a dúvida de apoio é Rodrigo, mas o resto vai com ele. Disso não há dúvida. Se a disputa for com Alfredo Gaspar será um clássico político de alto risco.

Ou alguém acredita que JHC ou Alfredo Gaspar tem mais capital político que Ronaldo, num eventual segundo turno? Ou... quem acha mesmo que JHC e Alfredo Gaspar têm capital político para chegar ao segundo turno, desbancando Ronaldo?

Se Ronaldo acordar será o cara a ser batido – no segundo turno. E se o vice for quem eu ouvi que está pra se confirmar... aposto dois por um.

Sim... dessa turma aí sabe quem não perde nada se perder?  Ronaldo

Imaginando as três candidaturas:
JHC - Em caso de derrota não terá o mesmo recall da eleição passada e 2022, com capital político em queda, será uma incógnita.
Alfredo Gaspar - Se perder estará desempregado. 
Ronaldo Lessa - Um novo tropeço será, de fato, a morte consumada.


Comentários

Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação)

© 2019 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.