OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 07 de abril de 2020

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
24/03/2020 às 11:45

Tem camisinha para sexo no carnaval, mas não tem luvas e máscaras para prevenir o Codiv-19. Até quando será assim?

No carnaval que passou o Coronavírus fazia vítimas na China, dava os primeiros sinais de alerta na Itália e já chamava a atenção, segundo o ministro Mandeta, das autoridades brasileiras.

No mesmo carnaval o comércio faturou como nunca, mesmo com as repartições públicas e privadas fechadas por 3 dias de intensa movimentação e curtição. Sim, curtição, com direito a campanhas publicitárias de sexo seguro, bancadas pelo governo federal e compartilhada pelos governos estadual e municipal, em todo o território nacional. Isso porque o Brasil tem milhões de pessoas infectadas com o HIV.

Pois bem... se no carnaval tem camisinha distribuída GRATUITAMENTE em tudo o que é ponto, porque o governo federal não banca e os estados e municípios se mobilizam para distribuir luvas e máscaras para minimizar os riscos de infecção pelo Covid-19?  

Aliás...o Ministério da Saúde só lançou a campanha publicitária de prevenção ao coronavírus na TV aberta, rádio e internet, na sexta-feira, 28 de fevereiro, dois dias depois do carnaval. No dia do lançamento já haviam 182 casos suspeitos de coronavírus monitorados no Brasil

No carnaval a campanha diz: Pratique sexo seguro.

Com o Covid-19 a mensagem é: Fique distante das pessoas, fecha tudo e fique em casa. 

DE FATO, O BRASIL É O PAÍS DO CARNAVAL

Salvar vidas nunca foi o forte dos governos. A turma, em geral, gosta mesmo é do dinheiro na conta.

Comentários

Corona-AL
Natura
Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2020 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.