OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 28 de outubro de 2020

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
23/09/2020 às 08:46

Com líderes comunitários cadastrados, compra de votos explode em Maceió

Em Maceió o combate à abstenção por conta do coronavírus já começou. Só que NÃO pela Justiça Eleitoral e Polícia Federal e SIM pelos candidatos. Nas eleições de 2016 a abstenção foi de 17,08%, com 99.085 eleitores ausentes. Neste ano a previsão (geral) inicial ERA de abstenção recorde.

O CADASTRO ESTÁ PRONTO!
A COMPRA COMEÇOU! 
JÁ TEM PARCELA PAGA!
POLÍCIA FEDERAL NELES!

Dois avisos: Com o fim das coligações proporcionais a eleição para vereador também será majoritária: ou seja: estará garantido o candidato com maior votação no partido. A partir daí é torcer. Ou seja: o fiscal mais atuante, combativo e também X9 contra a compra de voto será o companheiro de chapa.

Há, por conta desse detalhe, a expectativa de muita gente ganhar e não assumir. Mas vale o risco, porque sem a compra de votos talvez 1 ou 2 tenha condição de vencer de maneira republicana.

GANHAR E NÃO LEVAR – esse é o FATO NOVO na compra de votos

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2020 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.