OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 21 de abril de 2021

Artigos

15/03/2021 às 18:19

Crônica: No sonho do Rafael

Rodrigo Alves de Carvalho (*)

Eduardo e Márcia estavam casados há pouco mais de três anos. Nesse período raramente saiam de casa, por causa do ciúme doentio de Márcia. 

Para ela qualquer olhar de outra mulher para Eduardo por mais de dois segundos era motivo para achar que ali estava rolando uma paquera. Márcia explodia e não importava onde estavam, ela soltava os cachorros e ia embora para a casa de sua mãe. Só depois de muita conversa e desculpas do marido (que nunca fizera nada de errado) Márcia voltava para casa. Dessa forma decidiram que o melhor era evitar ficar saindo. 

Porém, Rafael, um grande amigo de Eduardo convidou o casal para um jantar em seu apartamento para comemorarem o noivado com Sandra. 

- Meu amigo Eduardo! Não sei se é porque finalmente iria vir até minha casa, mas essa noite sonhei que estávamos numa balada como nos velhos tempos! – Disse Rafael inocentemente. 

Márcia que conversava ao lado com Sandra, interrompe o que estava dizendo e encara o marido com olhar ameaçador. 

- Como é que é? Você estava numa balada? 

Rafael ri da situação e do mal entendido. 

- Calma Márcia. Eu apenas sonhei que estávamos numa festa, nada mais. 

- Como assim nada mais? Meu marido está com você numa festa, aposto que repleto de vagabundas dando em cima dele e você diz que não é nada? 

- Márcia, foi um sonho. Nunca estive numa festa. – Pondera Eduardo. 

- Cala a boca! Eu sabia que você me traia, tinha certeza. Só não imaginava que fosse nos sonhos do Rafael! 

Rafael percebe que o assunto era grave. 

- Foi só um sonho, o Eduardo nunca esteve comigo numa festa de verdade! 

- Olha Rafael sei que você é muito amigo do Eduardo, por isso não tenta defende-lo. Você disse que sonhou e pronto. Isso já é suficiente para consumar a traição de meu marido. 

Márcia apanha a bolsa e vai embora chorando. Eduardo vai atrás tentando convence-la que não esteve numa festa. 

Somente após dois dias consegue falar com Márcia na casa de sua sogra. 

- Amor, você nem deixou o Rafael continuar o sonho. Nos dois nos encontramos naquela festa ao som de Whitney Houston e nos beijamos. Juramos amor eterno e ficamos juntos para sempre... 

A moça resolve perdoar Eduardo, mas ao voltar para casa é categórica: 

- Se eu souber que você esteve em outra festinha nos sonhos do Rafael novamente, vou embora para casa de mamãe só que nunca mais volto! Entendeu?

(*) Nasceu em Jacutinga (MG). Jornalista, escritor e poeta possui diversos prêmios literários em vários estados e participação em importantes coletâneas de poesia, contos e crônicas. Em 2018 lançou seu primeiro livro individual intitulado “Contos Colhidos” pela editora Clube de Autores. 


Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2021 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.