OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 08 de dezembro de 2021

Artigos

06/09/2021 às 13:56

Crônica: O Universo paralelo dos papagaios

Rodrigo Alves de Carvalho (*)

Dentre os vários universos alternativos na imensidão do Cosmo, existe um mundo bastante peculiar que é governo por papagaios. 

Existe até uma hierarquia entre espécies dominantes, sendo que os papagaios ocupam os cargos mais importantes, geralmente ligados à política, economia e religião, já as maritacas fazem parte da segurança pública com seus gritos estridentes alertando toda a comunidade sobre os perigos e ameaças. 

As araras são os artistas, atores e atrizes desse mundo, sempre belos, elegantes, namoradores e admirados. Existem também os periquitos, que mesmo sendo bonitinhos não são muito valorizados, dizem que são meio preguiçosos, ou seja, não gostam muito do batente. 

Porém, de um tempo para cá, esse mundo está passando por uma certa polarização de ideias, devido a certas posições políticas entre seus comandantes. Existe um choque de ideologias, principalmente entre dois líderes que estão brigando nos bastidores: o Papagaio Verde-amarelo que faz qualquer coisa para continuar no poder e o Papagaio Vermelho que faz articulações para desbancar seu adversário e voltar a governar.  

Entretanto, como as aves não se atém a hábitos imbecis e fanatismos exacerbados, os papagaios só por sacanagem, ensinaram seus animais de estimação, ou seja, os seres humanos, a darem o pé e falarem disparates para atacarem ideologias que nem sabem do que se trata e posições políticas sem embasamentos reais ou históricos. 

Com isso, é comum vermos alguns seres humanos em esquinas, botecos e até dentro das casas repetindo imbecilidades que aprenderam ouvindo outros imbecis falarem. Para alegria de papagaios sarcásticos. 

Enquanto isso, todas as aves desse mundo vão vivendo de boa, sem atritos e cada um na sua, mesmo com diferenças de pensamentos e ideologias. 

Esse é o mundo dos papagaios. Onde os seres humanos em seus poleiros limitados apenas repetem o que lhes são ensinados, sem muitas vezes nem saber o que estão dizendo. 

O pior, é que não precisamos ser cientistas ou físicos teóricos para percebermos que de um tempo para cá, houve uma ruptura no espaço/tempo e muitos humanos apapagaiados entraram numa espécie de fenda espacial e acabaram caindo em nosso mundo.
É só prestarmos atenção em faladores sem noção em algum canto para sabermos que não passam de “Louros humanos” vindos do Universo Paralelo dos Papagaios. 


(*) Nasceu em Jacutinga (MG). Jornalista, escritor e poeta possui diversos prêmios literários em vários estados e participação em importantes coletâneas de poesia, contos e crônicas. Em 2018 lançou seu primeiro livro individual intitulado “Contos Colhidos” pela editora Clube de Autores.


Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2021 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.