OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 03 de março de 2024

Notícias

05/02/2024 às 17:14

Mastologista alerta sobre a importância da mamografia para o diagnóstico do câncer de mama

Exame de mamografia é recomendado a partir do 40 anos de idade, com prescrição médica, para detecção de nódulos nas mamas. Marco Antonio / Ascom Sesau Exame de mamografia é recomendado a partir do 40 anos de idade, com prescrição médica, para detecção de nódulos nas mamas. Marco Antonio / Ascom Sesau

Ruana Padilha

Comemorado nesta segunda-feira (5), o Dia da Mamografia foi estabelecido com o objetivo de sensibilizar mulheres sobre a importância do exame preventivo, que consegue detectar de forma precisa o câncer de mama. A mastologista do Hospital da Mulher (HM), Francisca Beltrão, alertou para a importância da realização do exame de mamografia para o diagnóstico da doença.

A mamografia serve para avaliar os tecidos internos da mama e para diagnosticar precocemente nódulos e tumores, o que só é possível caso a mulher realize o exame regularmente. “A mamografia é o único exame capaz de detectar lesões. O procedimento pode detectar alterações antes mesmo da consulta com o profissional médico ou do autoexame. Portanto, realizar o exame é super importante, pois se o câncer for diagnosticado no início, as chances de cura aumentam consideravelmente grande”, explicou Francisca Beltrão.

A mastologista do HM enfatizou que a mamografia é preconizada pela Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) a partir dos 40 anos, uma vez por ano, para a população em geral.  “No Hospital da Mulher o exame é oferecido para qualquer paciente que chegue à unidade com a solicitação do SUS. Os atendimentos acontecem de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, não sendo necessário agendamento, mas é exigida a prescrição médica. Faça sua mamografia todos os anos porque ela pode sim salvar vidas”, enfatizou.

Francisca Beltrão alertou, também, que pessoas que têm histórico de casos de câncer de mama na família devem procurar orientação médica para saber a frequência que o exame deve ser realizado. “Mulheres que têm na família histórico de câncer de mama antes dos 50 anos, seja parente de primeiro grau, ou câncer de mama no homem, nas duas mamas ao mesmo tempo, ou câncer de mama e ovário, devem passar pela consulta com a mastologista para saber qual idade deve começar a realizar o exame de mamografia”, finalizou a mastologista.

Atendimento


Moradora do bairro João Sampaio, em Maceió, a dona de casa Cícera Silva, de 57 anos, realizou o exame de mamografia pela primeira vez nesta segunda-feira (5). Ela explicou que procurou a Unidade Básica de Saúde (UBS) próxima de casa para consulta de rotina e foi orientada a realizar o exame por estar na faixa etária estabelecida pelo Ministério da Saúde. “Como nunca tinha feito o exame, o médico me encaminhou para fazê-lo aqui no hospital. Estava com medo, já ouvi dizer que doía, mas foi bem tranquilo e tenho fé que não dará nada”, disse.

Para realizar o exame de mamografia, os usuários do Sistema Único de Saúde devem agendar o exame pelo Sistema de Regulação do Estado (Sisreg). Isso significa que o paciente passará pela Unidade Básica de Saúde (UBS) e, de lá, as Secretarias de Saúde Municipais encaminharão o paciente para unidade hospitalar.

No momento da consulta, a paciente precisa ter em mãos o formulário que é entregue pela UBS, gerado pelo SisReg, que mostra o dia, horário e a especialidade médica da consulta. Também é preciso levar a Carteira de Identidade, o CPF, Cartão do Sistema Único de Saúde e comprovante de residência.

Rede Estadual


Em Alagoas, os exames de mamografia podem ser realizados nos hospitais Regionais da Mata (HRM), localizados em União dos Palmares; da Mulher (HM), situado no bairro Poço, em Maceió; e no Centro de Diagnóstico e Imagem Professor Alberto Cardoso (Cedim), unidade de apoio assistencial da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), no bairro do Trapiche, em Maceió.

O secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, orientou que todas as alagoanas com idade para realizar o procedimento, ainda que sem sintomas, devem realizar a mamografia. “Realizar o exame com periodicidade aumenta a sobrevida em caso de descoberta de câncer. Para isso, elas devem procurar uma UBS, que fará o encaminhamento para as unidades, onde a mulher terá uma consulta com um profissional especializado e também vai realizar os exames necessários para investigar a situação”, detalhou o gestor da saúde estadual.



Fonte:  Ascom Sesau

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.