OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 24 de abril de 2024

Notícias

03/04/2024 às 15:48

Estudantes da UFPE visitam mina e planta de beneficiamento da MVV e ficam encantados

Acadêmicos viram de perto a cava a céu aberto da mineradora alagoana e todos os seus processos e controles Acadêmicos viram de perto a cava a céu aberto da mineradora alagoana e todos os seus processos e controles

Dentro do Programa de Visitas Portas Abertas, no último dia 20, a Mineração Vale Verde (MVV) recebeu os estudantes do curso de Engenharia de Minas, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) em seu site em Craíbas.

Após apontamentos técnicos teóricos sobre o funcionamento detalhado da empresa, eles foram a campo, conhecendo de perto a mina a céu aberto e a planta de beneficiamento da MVV — sobretudo, a fase úmida.

Eles foram recepcionados, também, pelo engenheiro geomecânico Marcos Lourenço, ex-aluno da UFPE, que apresentou aspectos de controle e segurança da Barragem Serrote aos alunos e alunas. A estrutura da MVV é segura e recebe monitoramento 24h/dia durante os sete dias da semana, incluindo finais de semana e feriados, contando com instrumentação precisa.

Os estudantes estavam acompanhados pelos professores universitários Filipe Barros e Carlos Eduardo Araújo, sendo a primeira vez deles no empreendimento.

Lucas Fernandes, de 22 anos, que cursa o 7º período, pontuou que em Pernambuco há muita mineração que fabrica gesso e, ainda, pedreiras, tendo ele sido estagiário em locais com desmonte.

“Fiquei feliz em saber que a empresa aqui em Alagoas trabalha com datamining e que é tão organizada. Estou agora focando em ‘Planejamento’ em meus estudos e dá para notar toda uma preocupação da Mina Serrote em cada etapa, onde todos os processos recirculam aqui dentro, com aproveitamento de muita coisa, desde insumos até a própria água. Fiquei especialmente contente com a seriedade da empresa em levar sempre em consideração o teor do minério ofertado ao mercado e, também, o cuidado com a população da região”, diz Lucas.

Foi, de fato, uma troca de conhecimento muito enriquecedora entre universidade e mineração, onde a empresa pôde tirar todas as dúvidas dos acadêmicos que se fizeram presentes nesse dia especial, dentro do Programa de Visitas Portas Abertas.

"A MVV entende que a transparência e o engajamento com a comunidade são fundamentais para construir uma relação de confiança. Por isso, promovemos regularmente este Programa. Esta iniciativa não só permite que a comunidade local e estudantes conheçam de perto nossas operações e valores, mas também reforça nosso compromisso com a educação, capacitação e diálogo aberto. Através dessas visitas, buscamos estabelecer um canal direto de comunicação, esclarecer eventuais dúvidas para combate às fake news e mostrar nosso empenho em operar de forma segura, responsável, inteligente e sustentável", diz o coordenador de Relações Institucionais, Comunidades e Comunicação (RICC) da MVV, Cassio Barbosa.

O cobre, conhecido hoje como “metal verde”, desempenha um papel fundamental na transição para fontes de energia mais limpas e sustentáveis. Sua condutividade excepcional o torna indispensável na fabricação de componentes essenciais para a geração de energia renovável, armazenamento de energia e veículos elétricos.

Desse modo, a MVV se mantém firme em seu compromisso palpável com um futuro mais verde em nosso planeta.

SOBRE A APPIAN BRAZIL


O Grupo Appian Capital Brazil é a plataforma no país da Appian Capital Advisory, fundo de investimentos com atuação exclusiva nos setores de mineração e metalurgia.

No Brasil, o Grupo Appian se estabeleceu em 2018 com a aquisição de dois ativos: a Atlantic Nickel, operação de níquel sulfetado na Bahia, e a MVV, empreendimento de cobre com operação em Craíbas-AL.





Ascom Mineração Vale Verde (MVV)

Galeria de Fotos

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.