OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 22 de maio de 2024

Notícias

18/04/2024 às 16:27

Lei Seca treina agentes sobre identificação veicular e atendimento pré-hospitalar tático

Agentes da Lei Seca recebem instruções práticas de identificação veicular e APH Tático. Amália Góes e Leandro Santos / Ascom Detran Agentes da Lei Seca recebem instruções práticas de identificação veicular e APH Tático. Amália Góes e Leandro Santos / Ascom Detran

João Victor Barroso

Manter os integrantes da Operação Lei Seca capacitados e preparados tem sido uma ação constante do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran). Por isso, os agentes participaram de instruções práticas para identificação veicular e de atendimento pré-hospitalar (APH) tático. Os dois treinamentos aconteceram na Academia de Polícia Militar de Alagoas e no prédio-sede do Detran, e foram finalizados nesta quinta-feira (18), com a participação de todo o efetivo da Operação Lei Seca.

Os agentes da Lei Seca participaram de aulas práticas e teóricas sobre APH tático, com noções básicas de primeiros socorros, de como utilizar um torniquete para conter hemorragias e como fazer o transporte de vítima na viatura.

O coronel Eduardo Alex, gerente de Planejamento e Fiscalização de Trânsito do Detran, explicou a importância dos agentes da Operação Lei Seca estarem sempre treinados e atualizados.

“Começamos um ciclo de instruções para deixar todos os integrantes da Lei Seca nivelados, tanto os militares como os civis. Começamos com o treinamento de APH tático, identificação veicular, e estamos planejando as próximas instruções, todas voltadas para situações que os agentes enfrentam no dia-a-dia”, disse o coronel Eduardo Alex.

Durante a instrução de identificação veicular, os integrantes da Lei Seca realizaram um treinamento prático para verificar se veículos estão adulterados, foram clonados, entre outras irregularidades possíveis. Segundo Willamis Rocha, assistente de Trânsito do Detran e responsável por ministrar o treinamento, com essa instrução os agentes da Lei Seca podem tirar de circulação veículos que são produto de roubo ou furto, e devolvê-los aos verdadeiros proprietários.

“Na parte teórica, passamos um resumo sobre a legislação a identificação veicular, incluindo a tipificação no Código Penal, e os principais itens que podem sofrer alteração. O principal ponto que os agentes devem se atentar é ao número do chassi, que pode ser conferido nos vidros do veículo, e verificado, também, no documento para conseguir identificar possíveis modificações”, explicou o instrutor.

Integrando a equipe da Operação Lei Seca há cinco anos, a sargento Juliana Tenório comemorou a iniciativa, principalmente por serem assuntos relacionados ao dia-a-dia dos agentes que estão nas ruas. “Estamos nas ruas todos os dias, e nos deparamos com diversas situações quando abordamos veículos, e esses treinamentos são extremamente importantes para nos mantermos sempre em alto nível”, afirmou.

A instrução de APH tático foi ministrada pelo sargento Monteiro, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar de Alagoas.

Ascom Detran

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.