OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 23 de junho de 2024

Notícias

23/05/2024 às 17:26

Sesau leva ações educativas de combate à dengue para cidade de Atalaia

Durante a ação, os profissionais deram dicas aos moradores para serem adotadas em suas residências. Olival Santos / Ascom Sesau Durante a ação, os profissionais deram dicas aos moradores para serem adotadas em suas residências. Olival Santos / Ascom Sesau

Ruana Padilha

Visando combater o aumento no número de casos de dengue em Alagoas, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) realizou, nesta quinta-feira (23), ações educativas na cidade de Atalaia. A iniciativa orientou a população sobre os métodos eficazes de prevenção à reprodução do Aedes aegypti, o mosquito transmissor da doença.

A mobilização contou com equipes formadas por agentes de combate à dengue, que expuseram banners informativos em locais movimentados do município. Durante a ação, os profissionais deram dicas aos moradores para serem adotadas em suas residências, com o intuito de combater o mosquito da dengue.

A secretária executiva de Vigilância em Saúde, Thalyne Araújo, ressaltou que o combate ao mosquito Aedes aegypti é um dever conjunto da população com as secretarias de Saúde do Estado e dos municípios. “Desenvolvendo na cidade de Atalaia ações de informação e conscientização sobre o combate ao mosquito da dengue. Ações importantes que podemos desenvolver dentro da nossa casa, na nossa rua, tirando 10 minutos da nossa semana para olhar o lixo, se tem água parada em algum local. E assim iremos combater o mosquito no Estado de Alagoas", recomendou.

A transmissão da dengue acontece durante a picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti infectada com o vírus. Após a picada, os sintomas podem aparecer em até 15 dias. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é febre alta, que dura de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo, nas articulações e no fundo dos olhos. Também pode ocorrer perda de apetite, náuseas e vômitos, além de manchas que atingem o rosto, tronco, braços e pernas.

Presente na ação, a assessora técnica do setor de arboviroses da Sesau, enfermeira Naara Nascimento, enfatizou a importância do fortalecimento de ações voltadas ao combate do mosquito transmissor da dengue. “O município de Atalaia trouxe preocupação para o Estado em relação ao número de casos, houve um óbito confirmado no início do ano e incidências elevadas. Agora, graças às ações que vêm sendo desenvolvidas, estamos tendo um controle nos casos”, salientou.

O coordenador do setor de Vigilância Sanitária de Atalaia, Alisson Torres, destacou a parceria da Saúde do Estado com o município no combate às arboviroses. “Infelizmente, já registramos um óbito de um jovem de apenas 20 anos e a presença do Estado junto ao município é fundamental para conscientização de toda população. Não podemos negligenciar a dengue e a iniciativa de hoje é um reforço para que possamos intensificar as ações de combate a dengue”, disse.

Conscientização


A moradora do bairro Cruzeiro, em Atalaia, Maria da Silva, parabenizou a ação na cidade e afirmou que orienta os vizinhos a manterem os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. “O combate à dengue é muito importante porque temos que nos prevenir e cuidar da nossa casa, alertar os vizinhos para manter os cuidados na casa deles também e, desta forma, ficarmos protegidos”, enfatizou.

Maria Luiza da Silva, moradora também de Atalaia, apontou a importância de ações de combate à dengue, principalmente, nas escolas. “Estou achando ótima essa ação, pois é proteção para todos nós. Devemos manter esse cuidado e evitar que casos de dengue aconteçam no nosso município”, salientou a atalaiense.



Ascom Sesau

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.