OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 24 de fevereiro de 2021

Notícias

30/07/2018 às 21:30

Escolas Sesi/Senai conquistam primeiros lugares em feira de ciências na SBPC

Alunos da Escola Sesi Industrial Abelardo Lopes (Cambona) ocuparam todo o pódio, na categoria Ensino Fundamental, da Feira de Ciências da Educação Básica do Estado de Alagoas (Experiment-AL). No Ensino Médio, a Escola Sesi/Senai Carlos Guido Ferrário Lobo conquistou 1º e 3º lugares. O resultado foi divulgado na última sexta-feira, 27.

A Experiment-AL aconteceu durante a 70ª reunião da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), maior evento científico da América Latina, realizado pela primeira vez em Maceió, de 22 a 28 últimos, no campus da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Além dos três primeiros lugares, entre 50 projetos de 24 escolas selecionadas, a unidade Sesi Cambona recebeu Menção Destaque como escola que mais apresentou trabalhos científicos. Foram oito projetos, com a presença de 24 aprendizes e seis professores orientadores na Experiment-AL e mais oito trabalhos na Jornada Nacional de Iniciação Científica (JNIC), com a participação de nove alunos e seis professores.

Além disso, o projeto com mais destaque em Ciências, Tecnologia e Inovação (Ph2O –FLL 2018) se credenciou para evento científico na Universidade do Minho (Uminho) em Braga, Portugal. Ainda na SBPC, a Órtese para Animais com Material Descartado pela Indústria de Polímeros, desenvolvida por estudantes da Escola Sesi/Senai de Maceió, ficou em primeiro lugar no voto popular, no dia 23.

A diretora de Educação e Tecnologia do Sesi e do Senai, Cristina Suruagy, comemorou o resultado. “Trabalhamos nas escolas Sesi e Senai com a proposta de achar as soluções para os problemas das indústrias, bem como do cotidiano e da comunidade. O maior presente veio agora (na SBPC, com a Experiment-AL). Isso tudo é fruto de um trabalho intenso e conjunto da escola, dos professores e dos alunos. Estamos imensamente satisfeitos com os resultados, pois nos dá a certeza de que estamos no caminho certo”, disse.

“O trabalho com iniciação científica é levado tão a sério pelos professores e alunos da escola que é comparado ao rigor científico na academia”, acrescentou a pedagoga do Sesi/AL, Marseille Lessa.

“O resultado confirma a vocação da Rede Sesi/Senai em incentivar a inovação e iniciação científica com nossos alunos. As duas escolas trabalham um modelo pedagógico alinhado”, ressaltou o diretor da Escola Sesi/Senai de Maceió, Carlos Abreu.

A professora-orientadora de um dos projetos, Helena Karine, disse que vivenciar, junto a adolescentes, a construção de conhecimento através da iniciação científica, é uma prova de que as escolas Sesi e Senai trilham um caminho promissor. “Hoje podemos dizer que temos alunos pesquisadores que pensam não só no seu crescimento, mas no crescimento da comunidade em que vivem”, relata.

Segundo a estudante do 1º ano do Ensino Médio Dora Limeira, “é impossível descrever a emoção de estar num evento como este ao lado de pessoas tão experientes já além da graduação”.

Veja o resultado no link: https://bit.ly/2OsGF9d.

Fonte: Ascom Sesi/AL


Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2021 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.