OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 27 de maio de 2024

Websérie

21/03/2023 às 19:10

Alagoas é o único estado do Nordeste a oferecer a nova carteira de identidade

Alagoas é o único estado do Nordeste e um dos quatro em todo o país que já começou a emitir a nova Carteira de Identidade Nacional (CIN), em seus postos de identificação instalados no estado. O novo documento, que possui o CPF como único número de identificação do cidadão, pode ser emitido nos modelos em papel e policarbonato (plástico), além do formato digital, que fica disponível no aplicativo GOV.BR.

O superintendente do Instituto de Identificação, Anízio Amorim, comemorou o protagonismo e ressaltando que desde o último dia 13 de março, o órgão estadual já tem disponibilizado a confecção da nova Carteira de Identidade Nacional. “Estamos adaptados à nova fase da CIN, confeccionando assim o novo documento. Vale destacar que a primeira via da nova carteira é gratuita”, disse Anízio Amorim, que comanda o órgão de 102 anos de história.

Além disso, Anízio Amorim ressaltou ainda que para solicitar o novo documento é necessário está com o CPF regularizado. “Só fará o agendamento para solicitar a nova Carteira de Identidade Nacional quem estiver com o CPF regular. Portanto, faça uma consulta da situação do seu CPF junto à Receita Federal, porque esse novo documento é unificado em todo o Brasil no CPF. Ninguém vai poder solicitar a nova carteira se não tiver CPF”, destacou. Além de Alagoas, somente o Acre, Mato Grosso e Santa Catarina estão disponibilizando a CIN, em seus postos de identificação.

Nacional

Mais moderno e seguro, o novo modelo de identificação representa, tanto para o governo como para o cidadão, mais segurança e praticidade. Antes era possível que a mesma pessoa tivesse um número de RG por estado, além do CPF. Com a CIN, o cidadão passa a ter um número de identificação só, o que facilita sua vida. E, para o governo, há maior segurança de que aquele cidadão é ele mesmo, o que evita fraudes.

A nova carteira apresenta ainda um QR Code, que permite verificar sua autenticidade do documento, bem como saber se foi furtado ou extraviado, por meio de qualquer smartphone. Conta ainda com um código de padrão internacional chamado MRZ, o mesmo utilizado em passaportes, o que o torna ainda um documento de viagem.

A nova carteira é válida legalmente em todo o território nacional e, caso o cidadão esqueça o documento físico, por exemplo, pode apresentar a versão digital em seu celular.



Marcelo Alves/Fonte: Agência Alagoas

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.