OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 23 de junho de 2024

Notícias

13/05/2024 às 16:51

Próxima roda de conversa do projeto Vozes recebe pessoas com Síndrome de Down

O projeto “Vozes: narrativas sociais e diálogos com o sistema de Justiça”, terá sua próxima roda de conversa nesta quinta-feira, 16, a partir das 14h, no auditório da Justiça Federal em Alagoas (JFAL), órgão responsável pela promoção do projeto. As pessoas com Síndrome de Down e seus familiares, ouvidos anteriormente pelos juízes Antônio José de Carvalho Araújo e Felini de Oliveira Wanderley, terão a oportunidade de compartilhar suas experiências e desafios no diálogo com diversos órgãos do sistema de Justiça.

Além dos magistrados que já tiveram o contato prévio com os representantes do segmento, também estarão presentes na roda de diálogo servidores, advogados, defensores públicos, estudantes, estagiários, outros juízes federais e conciliadores. Todos os profissionais que terão a presença marcada na roda de conversa estarão lá por uma razão em comum: ouvir, compreender e buscar possibilidades de interpretar o Direito na perspetiva da realidade social. “É um passo crucial para transformar a maneira como essas pessoas são percebidas e tratadas pelo Sistema de Justiça”, avalia o coordenador do projeto, o juiz federal Antônio José Araújo. “Esta roda de conversa é uma oportunidade ímpar de promover mudanças significativas e duradouras, assegurando que as vozes daqueles que muitas vezes são silenciados sejam ouvidas e respeitadas”, finaliza.

Os interessados em participar do encontro podem se inscrever através de formulário eletrônico, devendo doar, no dia do evento, 1 kg de alimento não perecível ou um livro de literatura, os quais serão entregues a instituições beneficentes.

Para participar, os interessados precisam fazer a inscrição no site da JFAL, no endereço https://forms.gle/bwRVFN8YGBKv... . O evento também será transmitido para os servidores das Subseções Judiciárias.

A fase de preparação desta etapa do Projeto contou com uma visita imersiva dos magistrados à frente da ação ao Instituto Amor 21, no mês que passou. Na ocasião, eles conheceram os anseios, medos e sonhos de pessoas com Síndrome de Down. Os responsáveis pelas pessoas atípicas também puderam exclamar os desejos e vontades para um futuro mais inclusivo e oportuno para os seus filhos.

Fonte: Assessoria 

Galeria de Fotos

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.