OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 03 de março de 2024

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
01/12/2023 às 08:59

Embaixador do caos

Como se não bastassem todos os erros, equívocos e desinteresse dos que tinham condições de evitar uma tragédia, lutando pela resolutividade do problema que agora chama a atenção de todos, eis que divulgam dia e hora marcados para o início de uma catástrofe sem precedentes.

Para piorar o clima, eis que o embaixador de Maceió, Carlinhos Maia, no alto de sua total desconectividade com o que está acontecendo, publica em sua poderosa rede social um apelo sem o menor sentido, mas que certamente poderá ajudar tirar Maceió do mapa da alta temporada.

"Gostaria de chamar atenção para o que está acontecendo em Maceió. A cidade está afundando. Bairros fantasmas, hospitais afundando. A qualquer momento parte da cidade pode ir a baixo. Isso é muito sério. Queria de coração chamar atenção do Brasil. Estamos precisando de ajuda urgente. Alguém precisa intervir rápido", publicou Carlinhos Maia.

Veja o que acontece com os que vivem no mundo virtual: "Estamos precisando de ajuda urgente. Alguém precisa intervir rápido"

INTERVIR EM QUÊ, nobre embaixador?

AJUDA URGENTE PARA QUÊ, nobre embaixador?

Ora! Quem, em sã consciência, terá coragem de passar o natal, réveillon, férias e o verão numa cidade que está afundando?

O silêncio do Trade turístico, sindicatos e associações que estão (estavam) esperando milhares de turistas do Brasil e do mundo.

O silêncio coletivo diz muito sobre os que lideram e que do problema se aproveitam.

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.